Tech Roundup: o fim da novela de privacidade?

Você lê O relatório brasileiro semanal tech round-up, um resumo das principais notícias de tecnologia e inovação do Brasil. Os tópicos desta semana: o longo caminho para a aplicação de uma nova lei de proteção de dados, os problemas que a cidade brasileira enfrenta e o impulso sem precedentes para o e-commerce.

Dois anos depois, a lei de proteção de dados deve entrar em vigor. E agora?

Depois de dois anos dobrando e dobrando,

O Congresso brasileiro finalmente aprovou a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrará em vigor em duas semanas. No entanto, o contencioso relacionado à regulamentação está longe de terminar e ainda há muito a ser feito antes das sanções pode ser aplicado em 2021.

ANPD. Logo após o Congresso & # 8217; Decisão, o presidente Jair Bolsonaro deu um decreto Por fim, foi criada a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), que atuará como órgão fiscalizador e sancionador da LGPD. No entanto, especialistas reclamam que o novo regulador pode sofrer de uma grave falta de autonomia.

Quebre isso. Segundo o advogado e especialista em direito digital Alisson Possa, o principal problema é que o presidente pode destituir membros da diretoria da ANPD por meio de procedimentos administrativos.

  • “O principal problema não está no processo de indicação, já que os conselheiros são indicados pelo presidente, mas são aprovados pelo senado. O problema é como retirá-los: o presidente pode destituir um conselheiro do cargo e, após um processo administrativo, levá-lo à justiça. Isso dá ao presidente muito poder ”, diz ele O relatório brasileiro. & nbsp;
  • Especialistas destacam que a ANPD não será um órgão autônomo subordinado à Presidência da República, o que comprometerá sua independência.

Há mais por vir. Além do LGPD, Apoiar organizações do setor aprovar a Lei de Emenda Constitucional (PEC) 17, que estabelece a proteção de dados como lei constitucional.

  • Na sua forma atual, a PEC 17 também possibilitaria a reformulação da ANPD, pois exige que o encarregado da proteção de dados seja totalmente independente para garantir a proteção de dados como direito fundamental.
  • A LGPD também afirma que mudanças no estatuto jurídico da ANPD devem ser feitas nos próximos dois anos. & Nbsp; & nbsp;

Brasil luta para criar cidades conectadas

Embora as cidades brasileiras estejam promovendo recentemente vários projetos de conectividade relatório Uma associação de provedores de telecomunicações sugere que a burocracia demorada na instalação de antenas está impedindo o progresso.

  • O representante da indústria Marcos Ferrari apresentou seu ranking anual das cidades “mais amigáveis ​​à Internet” do Brasil em destaque que as cidades com melhor desempenho foram aquelas que reduziram a burocracia e atualizaram suas estruturas de infraestrutura.

Por que isso importa. O Brasil tem atualmente cerca de 100 mil antenas, mas teria que dobrar esse número nos próximos quatro anos possibilitar o uso da tecnologia 5G.

Líder. São José dos Campos, uma cidade de médio porte do estado de São Paulo, é pelo segundo ano consecutivo a cidade brasileira que mais acessa a Internet. Santo André, também em São Paulo, liderou o ranking de serviços inteligentes e ofereceu serviços digitais em 20 das 26 categorias examinadas.

Atraso no desenvolvimento. Surpreendentemente, as principais capitais do país parecem estar em uma corrida para o fundo do poço. Belo Horizonte reabasteceu e caiu para 92º lugar no geral, enquanto a maior cidade do Brasil, São Paulo, terminou em 98º. Brasília, a capital construída do zero há 60 anos, também estava na extremidade inferior. isto acaba de aprovar sua própria lei regulando antenas.

Regulamento. O atual arcabouço legal no Brasil, embora bom, não está sendo cumprido. Um projeto de lei de 2015 estipulou que as cidades devem acessar os pedidos de instalação de antenas em 60 dias. No entanto, esse processo pode levar até um ano em grandes centros urbanos como São Paulo. O governo federal quer aprovar uma regra que estipula que a falta de resposta dos governos locais equivale à aprovação tácita.

Um acerto. O vice-secretário de Telecomunicações do Brasil, Artur Coimbra, estima que a aplicação adequada da lei pode gerar investimentos de até R $ 3 bilhões em um ano.


O e-commerce brasileiro teve seus melhores seis meses em 20 anos

Com um aumento nas vendas de 47 por cento devido ao isolamento social E-commerce brasileiro No primeiro semestre de 2020, foram arrecadados R $ 38 bilhões. Segundo relatório da Nielsen, esse foi o melhor desempenho do setor no semestre em 20 anos. O desempenho foi impulsionado por um aumento de 39% nas compras – agora em quase 91 milhões – e um aumento no preço médio do pedido.

Usuários pesados. O número de compradores online no Brasil cresceu 40%. No entanto, esse não foi o principal motivo do sucesso do setor. Em vez disso, o relatório sugere que as pessoas que já estão acostumadas a comprar produtos digitalmente se tornarão ainda mais leais ao e-commerce, contribuindo com 82 por cento do crescimento no primeiro semestre de 2020.

Próxima fronteira. A região mais rica e populosa do sudeste do Brasil foi responsável por 47% do crescimento do comércio eletrônico do país. No entanto, as regiões Norte e Nordeste juntas foram responsáveis ​​por um terço do crescimento das vendas no primeiro semestre de 2020. As vendas online aumentaram impressionantes 107% no Nordeste e 93% no Norte, as taxas mais altas do país.

Sim mas … O aumento inesperado nas vendas também revelou problemas logísticos: 14% dos pedidos chegaram com atraso.

  • Um dos maiores gargalos é a chamada “última milha de entrega”. Para contornar este problema, a DHL Express tem um Projeto piloto em agosto, para integrar os serviços de entrega com armários de autoatendimento nas estações subterrâneas para que os clientes possam retirar os pedidos por conta própria.

Nota

  • Proxy. Com o aplicativo de finanças pessoais Guiabolso, os usuários podem fazer transferências gratuitas entre bancos, a qualquer hora, gratuitamente. A funcionalidade reflete o PIX, o sistema de transmissão instantânea do banco central que será lançado em novembro. A plataforma deve ser adotar PIX assim que estiver pronto para competir com os bancos. A Guiabolso passa a ter como objetivo consolidar várias funções da sua aplicação, tais como: B. Gestão Financeira, Mercado e Pagamentos.
  • Tecnologia de beleza. A startup JustForYou, que usa IA para fabricar xampus e condicionadores de cabelo de acordo com as características físicas das pessoas, recebeu investimento da Neuron Ventures, fundo de capital de risco patrocinado pela rede de drogarias Eurofarma. A quantia não especificada será usada para expandir o portfólio de produtos, laboratório, marketing e bem-estar do cliente que a empresa espera aumentar as vendas em 150 por cento.
  • Segurança online. Uma pesquisa da empresa de segurança cibernética Akamai Technologies descobriu que 43% dos clientes bancários brasileiros agora usam bancos digitais – o dobro do ano passado – e estão cada vez mais preocupados com a segurança de dados. 57 por cento dos entrevistados disseram que iriam verificar os antecedentes do banco sobre violações de segurança antes de abrir uma conta. Para um terceiro, essa informação acabou sendo um fator decisivo para se tornar um cliente.

Leia a história completa AGORA!

Comece seu teste de 7 dias

cadastro

Inscrever-se para