Rio de Janeiro anuncia novo ministro da Saúde como parte de uma investigação federal

O coronel Alex Bousquet, do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, é o novo ministro da Saúde do estado. Ele é a terceira pessoa a ocupar esse cargo desde o início da pandemia do Covid 19. O ex-secretário Fernando Ferry renunciou hoje, como dissemos em nosso relatório semanal (para assinantes premium e padrão).

Ferry permaneceu no cargo pouco mais de um mês depois de ser anunciado como o melhor oficial de saúde do Rio em 17 de maio. Ele reclamou que foi forçado a pagar por “contratos problemáticos”.

A polícia federal está atualmente investigando o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, suspeito de receber contratempos de empresas que usaram parte do orçamento do coronavírus do estado por meio de negócios muito caros.

O novo ministro da Saúde, coronel Bousquet, é formado em medicina pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e é especialista em terapia intensiva. Ele também é formado em gestão operacional em unidades de saúde.

Rio de Janeiro anuncia novo ministro da Saúde como parte de uma investigação federalRio de Janeiro anuncia novo ministro da Saúde como parte de uma investigação federal

O coronel Bousquet trabalhou anteriormente como médico de emergência offshore da empresa estatal de petróleo e gás Petrobras entre 2008 e 2012 e é membro do corpo de bombeiros do Rio de Janeiro há 20 anos.

Apoie este relatório →Apoie este relatório →