Resumo Técnico: Esta fintech brasileira quer salvar a Amazônia

Você lê O relatório brasileiro resumo semanal de tecnologia, um resumo das principais notícias sobre tecnologia e inovação no Brasil. Os tópicos desta semana: a fintech que deseja salvar a Amazônia; Governo eletrônico na América Latina; e uma avaliação das principais empresas brasileiras de telecomunicações.

A fintech que quer salvar a Amazônia

A fintech brasileira Moss foi fundada

há quatro meses, com um objetivo ambicioso: ajudar a salvar a floresta amazônica, fornecendo liquidez aos mercados locais de crédito de carbono. Foi desenvolvido um mercado que conecta investidores individuais a projetos de conservação da natureza certificados internacionalmente que vendem créditos de emissão.

  • Usando a tecnologia blockchain, a Moss já negociou 1,7 milhão de toneladas de equivalentes de dióxido de carbono, que é de R $ 12 milhões (US $ 2,3 milhões). Isso torna a startup o maior comprador do Brasil de certificados de emissão.

Por que isso é importante? O Moss é fundado porque o Brasil está sob uma tremenda pressão internacional devido aos seus esforços esmagadores de desmatamento, particularmente na região amazônica.

Como funciona. Em vez de simplesmente neutralizar a pegada de carbono por meio de doações – como é normalmente o caso das plataformas para remover as emissões de CO2 – os usuários do Moss podem comprar créditos de emissão e mantê-los como um investimento. O processo é certificado com um sistema blockchain que mantém registros permanentemente e impede que o mesmo vínculo seja vendido duas vezes.

Como faço para salvar a Amazon? & # 8220; Com dinheiro & # 8221; Luis CEO Luis Felipe Adaime conta O relatório brasileiro. & # 8220; Se os preços dos empréstimos de CO2 [are high enough]Então, a conservação da floresta se torna um negócio melhor para os proprietários de terras que consideram a pecuária e a agricultura como sua única maneira de ganhar dinheiro. & # 8221;

Não há loja virtual. Em vez de oferecer uma lista de lavanderia com projetos nos quais os clientes podem escolher qual deles deseja apoiar, a Fintech exibe apenas uma de cada vez.

Fintech do Brasil. Até agora, apenas quatro dos Moss & # 8217; 1.000 investidores registrados são estrangeiros. No entanto, Adaime espera que o interesse internacional aumente assim que for introduzido um sistema de pagamento com cartão de crédito, que deve ser introduzido nas próximas semanas.

Avaliação. Atualmente, a fintech está avaliada em US $ 10,5 milhões. No entanto, está planejado levantar mais dinheiro listando um fundo de ações brasileiro (FIP) na Bolsa de Valores de São Paulo para alcançar investidores institucionais.


América Latina melhora no índice de governo eletrônico da ONU

As Nações Unidas publicaram seu mais recente índice de desenvolvimento de governo eletrônico (EGDI), que avalia os países quanto à disponibilidade e qualidade de serviços on-line, infraestrutura de telecomunicações e capacidade humana para sua operação. o relatório elogiou os países da América Latina – particularmente Brasil, Argentina, Chile e Costa Rica – por melhorar consistentemente seus resultados.

Por que isso é importante? Países com sistemas de governo eletrônico fortes e diversos podem ser mais eficazes na formulação de políticas – e mais transparentes para o público. A pandemia deixou claro que os governos digitais podem responder mais rapidamente a situações de crise.

O que você diz. Segundo as Nações Unidas, o progresso da América Latina reflete os esforços contínuos para criar e implementar estratégias nacionais abrangentes de governo eletrônico, o desenvolvimento de estruturas legais de apoio e um alto nível de cooperação com atores regionais e internacionais em áreas digitais relevantes.

  • Argentina. & # 8220; A agenda digital da Argentina se concentra na criação de uma forte estrutura institucional e de governança baseada em tecnologia, apoiada por iniciativas para acelerar a transformação digital. & # 8221;
  • Brasil. O país fez da transformação digital uma prioridade para o governo e as empresas. A estratégia de governança digital do país está por trás da transformação digital do setor público, enquanto a estratégia brasileira de transformação digital (e-digital) lida com a transformação da economia. & # 8221;
  • Costa Rica. & # 8220; A estratégia digital nacional e mecanismos similares se concentram na melhoria do capital humano e da alfabetização digital. & # 8221;
  • Chile. & # 8220; Os fatores que impulsionam o desenvolvimento do governo eletrônico no Chile incluem a melhoria da infraestrutura de telecomunicações (e a expansão da banda larga de alta velocidade em áreas remotas do país) e a proliferação de dispositivos móveis e da Internet móvel. O Chile também está comprometido em apoiar a cooperação internacional e regional no desenvolvimento de governos digitais. & # 8221;

Comparação de provedores de telecomunicações brasileiros

OpenSignal, uma empresa de análise móvel que quantifica a experiência em redes móveis & # 8221; lançou sua mais recente análise dos quatro maiores provedores de telecomunicações do Brasil: TIM, Claro, Vivo e Oi. Enquanto discutimos a implementação da tecnologia 5G, o estudo oferece um instantâneo do estado atual das redes 4G.

Como o estudo foi realizado. De acordo com a OpenSignal, 13,3 bilhões de medições foram realizadas em 11,5 milhões de dispositivos entre 1 e 29 de maio de 2020.

O que você diz. A TIM é líder na disponibilidade e cobertura de 4G. A Claro vence em velocidades de download e upload – além de experiências de vídeo, jogos e VoIP.

Enquanto isso. A quarta maior empresa de telecomunicações do Brasil, Oi, anunciou que iniciou conversas exclusivas com a Highline Venda de sua telefonia móvel. Os concorrentes que fizeram uma oferta melhor do que seus concorrentes Vivo, TIM e Claro são uma empresa de infraestrutura de telecomunicações de propriedade da Digital Colony, plataforma de investimento em infraestrutura digital da Colony Capital, Inc.

  • Uma aquisição pelos três maiores players pode enfrentar obstáculos das autoridades antitruste e dividir o mercado em três ações de 33,3% – o que diminui as empresas # 8217; Incentivos à concorrência e inovação.

Nota

  • Criptomoeda. A plataforma argentina International Credit Open Exchange (ICOE) agora oferece um token de E / S que os usuários podem usar créditos do programa de fidelidade como dinheiro. Os tokens de E / S podem ser negociados como uma criptomoeda e seu valor depende da taxa de câmbio do dia. Segundo o site Infotechnology, os empresários também podem Emitir token IO com base em seu inventário, que poderia ser uma solução para mercadorias não vendidas.
  • Energia solar. A startup Solfácil, que financia consumidores prontos para apresentar soluções de energia solar, levantou R $ 21 milhões em uma nova rodada de financiamento. O dinheiro será usado para investir em tecnologia, expansão comercial e novos produtos.
  • Relógios inteligentes. Samsung iniciou a produção de Smartwatches no Brasilem vista do mercado local em expansão, que, segundo os dados da IDC, cresceu 218% no primeiro trimestre. A empresa produzirá os modelos Galaxy Watch Active2, Galaxy Watch Active e Galaxy Fit E em suas instalações em Manaus.
  • Técnico jurídico. Startup Juridoc estende sua plataforma de gerenciamento de contratos colaborativos para o segmento B2B. A empresa inicialmente se concentrou em ajudar as pessoas a assinar contratos em um sistema muito mais rápido e menos propenso a erros, e acaba de lançar uma nova plataforma para equipes inteiras colaborarem e formarem um contrato, incluindo o uso de dados e ferramentas de CRM para assinaturas digitais. O sistema permite às empresas salvar versões diferentes do mesmo documento, trabalhar em uma única cláusula e reunir diferentes departamentos da empresa para trabalharem juntos.

Leia a história toda

Comece seu teste de 7 dias

cadastro

Inscrever-se para