Registros fiscais individuais são mais numerosos do que as pessoas no Brasil

Quando o governo estabeleceu o salário de emergência do coronavírus para populações vulneráveis ​​- um subsídio de BRL 600 por três meses – um dos pré-requisitos para elegibilidade era um CPF, um número de imposto individual. Depois que milhões foram buscar sua identificação fiscal, o número de registros excede a população brasileira em 12,5 milhões de pessoas.

Em maio, a Receita Federal relaxou as regras para corrigir registros desatualizados nas agências do Caixa Bundesbank. A medida foi considerada necessária para impedir a exclusão de milhões de pessoas que precisavam de ajuda mensal.

Segundo o banco de dados da autoridade tributária, existem 223,8 milhões de brasileiros com CPFs ativos, em comparação com a população estimada em 211,4 milhões no Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Registros fiscais individuais são mais numerosos do que as pessoas no BrasilRegistros fiscais individuais são mais numerosos do que as pessoas no Brasil

Apoie este relatório →Apoie este relatório →