Problemas com o sistema de dados do Departamento de Saúde prejudicam a luta contra a Covid-19

Estados e cidades em todo o Brasil estão lutando para acomodar o número de casos de julho. Quem já prestou atenção aos números oficiais da Covid-19 no Brasil está familiarizado com a instabilidade e a variação aleatória dos números nas plataformas oficiais do Ministério da Saúde.

Nas últimas semanas, houve explosões aleatórias no número de novos casos e mortes em seis estados, supostamente enquanto o sistema de coleta de dados do Departamento de Saúde passava por um período de “normalização”. O resultado de tudo isso são desvios aleatórios e inexplicáveis ​​nos números oficiais que nenhum modelo estatístico pode levar em conta. Essas flutuações nos números oficiais prejudicam qualquer análise do governo sobre a pandemia no Brasil.

Na cidade de São Paulo, por exemplo, menos de 700 novos casos foram registrados diariamente entre os dias 15 e 21 de julho, o que deu a impressão de que a curva havia sido domada. No entanto, até 22 de julho, 18.600 novos casos foram registrados. Nos dias que se seguiram, o número de novos casos variou de 0 a 7.000. Não foi por causa de uma explosão repentina em alguns casos, mas foi causado por problemas no sistema do Ministério da Saúde. Quando a plataforma de registro de casos e óbitos é suscetível a tais anomalias, torna-se quase impossível para os analistas determinar se a curva de infecção aumentou, estabilizou ou caiu.

Para piorar, estados como Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Alagoas, Bahia e Piauí têm os mesmos problemas com a plataforma do Ministério da Saúde. O ministério, ainda sem um ministro da saúde em tempo integral, redesenhou seu portal para ocultar datas importantes em junho. Quão O relatório brasileiro A luta do país contra a pandemia enfrentou problemas com os sistemas de coleta de dados do Departamento de Saúde desde o início. A questão é se isso é intencional, pura incompetência ou uma combinação de ambos.

Problemas com o sistema de dados do Departamento de Saúde prejudicam a luta contra a Covid-19
Problemas com o sistema de dados do Departamento de Saúde prejudicam a luta contra a Covid-19