Os reguladores estão acelerando o registro de vacinas Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) entrou com um pedido na farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca para acelerar o processo de aprovação de sua potencial vacina Covid-19. A decisão significa que a agência terá acesso aos dados da AstraZeneca assim que estiverem disponíveis. Isso economizaria tempo quando a vacina estiver no mercado – quando e se ela se mostrasse eficaz e segura.

A exigência é um procedimento criado especialmente para situações de emergência. No entanto, a Anvisa afirmou que não diminui a verificação na análise dos dados.

Segundo a Anvisa, seis potenciais vacinas estão sendo testadas no Brasil, com destaque para uma da farmacêutica chinesa Sinovac Biotech em colaboração com o Instituto do Butantano, de São Paulo, que poderá estar disponível já em dezembro, segundo João Doria, governador de São Paulo.

O gerente geral da Agência de Medicamentos e Produtos Biológicos, Gustavo Mendes Lima Santos, disse no início desta semana que a Anvisa poderia mudar seus critérios de eficácia da vacina contra o coronavírus para permitir vacinações com um limite de eficácia de 50 por cento. O padrão atual da agência é 70%.

Os reguladores estão acelerando o registro de vacinas Covid-19
Os reguladores estão acelerando o registro de vacinas Covid-19
Apoie este relatório →
Apoie este relatório →