O promotor abre uma investigação do Ministério da Saúde que esconde 19 números do Covid

A promotoria federal brasileira iniciou uma investigação pelo Ministério da Saúde depois que o número total de mortes e infecções na noite de sexta-feira desapareceu suspeitamente de seu portal oficial. O ministro provisório da Saúde, Eduardo Pazuello, agora tem 72 horas para justificar o desaparecimento dos números.

O governo também enfrenta vários outros problemas legais depois que o Departamento Federal de Defesa Pública de São Paulo entrou com uma ação para forçar o governo a fornecer os dados. Os congressistas da oposição também planejam entrar com ações judiciais para garantir a transparência dos dados relacionados a pandemias.

A nova estratégia do governo é publicar apenas os números de mortes e infecções, ocultando o número total de mortes e infecções desde o início da pandemia. O presidente Jair Bolsonaro afirmou que as mudanças nas práticas de dados foram implementadas para “monitorar a realidade do país e desenvolver estratégias apropriadas para servir a população”. O portal ficou offline por várias horas na sexta-feira e o Ministério da Saúde não informou o público do motivo.

O novo secretário do ministério, bilionário Carlos Wizard Martins, que também é conhecido como o próximo ministro da saúde, afirmou que as autoridades e os estados locais estão aumentando o número de vítimas para obter mais dinheiro do estado em termos de números ausentes.

O promotor abre uma investigação do Ministério da Saúde que esconde 19 números do CovidO promotor abre uma investigação do Ministério da Saúde que esconde 19 números do Covid
Apoie este relatório →Apoie este relatório →