O Paraguai considera a resposta do Covid-19 do Brasil “caótica”. A fronteira permanece fechada

Apesar das reclamações de empresários e consumidores que os impedem de atravessar a fronteira para fazer compras no Paraguai, as autoridades de saúde do país vizinho ainda consideram a situação no Brasil muito “caótica” para abrir novamente as fronteiras.

“Vamos esperar até que a onda no Brasil termine para conversar sobre a reabertura da fronteira”, disse Guillermo Sequera, chefe do Comitê de Monitoramento da Saúde do Paraguai. Segundo ele, a decisão de reabrir dependerá do sucesso no combate ao vírus na cidade fronteiriça brasileira de Foz do Iguaçu.

Enquanto o Brasil registrou quase 31.000 novos casos e 1.005 novas mortes na sexta-feira, o Paraguai apenas informou um novo caso e sem novas mortes. O país registrou apenas 11 mortes desde o início da pandemia.

Apoie este relatório →Apoie este relatório →

O Paraguai considera a resposta do Covid-19 do Brasil “caótica”. A fronteira permanece fechadaO Paraguai considera a resposta do Covid-19 do Brasil “caótica”. A fronteira permanece fechada