O impacto da pandemia nos ganhos das mães brasileiras

Quase 9 milhões de brasileiros perderam seus empregos desde março, quando a pandemia atingiu o país pela primeira vez. Embora os efeitos totais ainda não sejam conhecidos, há poucas dúvidas de que a crise da Covid-19 piorou a situação do mercado de trabalho no país. Um novo estudo mostrou que as mães brasileiras são particularmente afetadas.

De acordo com um estudo da Famivita, empresa que se concentra em produtos para fertilidade, cada segunda mãe de filhos pequenos perdeu direta ou indiretamente sua renda desde o início da pandemia no Brasil.

O estudo também mostrou que quase 40% das mães perderam seus empregos durante a pandemia, incluindo aquelas que trabalharam informalmente. Mulheres grávidas também são afetadas: de acordo com o estudo, 34% ficaram desempregadas desde o início da pandemia.

A pandemia afetou até as mães que estavam desempregadas antes da crise, pois a renda foi reduzida em várias famílias. De acordo com o estudo Famivita, o mesmo se aplica às mulheres que ainda estão empregadas, mas cujos salários foram reduzidos.

O impacto da pandemia nos ganhos das mães brasileiras
O impacto da pandemia nos ganhos das mães brasileiras
Apoie este relatório →Apoie este relatório →