O banco central está reduzindo a recuperação das taxas de juros

Para promover a atividade econômica, o banco central brasileiro reduziu a taxa básica Selic do país de 3 para 2,25% ao ano, em linha com as expectativas do mercado. A Autoridade Monetária acreditava que o nível atual é compatível com o impacto econômico do Covid-19 e que “futuros ajustes no nível econômico atual permanecerão”.

Em comunicado, o comitê de política monetária do banco disse: “Em termos de perspectiva global, a pandemia do Covid 19 continua a desacelerar significativamente o crescimento global. Nesse cenário, o ambiente para os mercados emergentes permanece desafiador, apesar da substancial provisão de incentivos fiscais e monetários nas principais economias e de algum enfraquecimento da volatilidade dos ativos financeiros. “

O banco central acredita que várias medidas de inflação subjacente estão abaixo do nível acordado com as metas. No entanto, eles alertaram que a política monetária tinha pouco espaço para a atividade econômica.

Todos os indicadores econômicos sugerem que o segundo trimestre de 2020 desacelerará, com setores-chave como serviços e indústria passando por reduções recordes de receita. O Focus Report – uma pesquisa semanal com empresas de investimento de primeira linha – fornece um instantâneo da deterioração das expectativas da economia brasileira. As previsões do PIB foram cortadas por 18 semanas consecutivas.

O banco central está reduzindo a recuperação das taxas de juros
O banco central está reduzindo a recuperação das taxas de juros
Apoie este relatório →Apoie este relatório →