Ministro da Educação punido por não usar máscara em público

As autoridades de Brasília multaram o ministro da Educação, Abraham Weintraub, de uma multa de R $ 2.000 (US $ 386) por violar os regulamentos de saúde pública do Covid-19. No domingo, Weintraub apareceu sem máscara na Esplanada dos Ministérios, juntamente com mais de 30 apoiadores de Bolsonaro em um protesto relacionado ao governo. O uso de máscaras em público é obrigatório em Brasília desde 11 de maio, depois que o Sr. Rocha decidiu enfrentar a crescente curva de spread Covid 19 na capital.

A Esplanada dos Ministérios foi oficialmente fechada no domingo devido a manifestações antidemocráticas recorrentes, culminando em ameaças e até mesmo em protestos. ataques contra o Congresso e a Suprema Corte em meio a pedidos de intervenção militar dos apoiadores do Sr. Bolsonaros. No entanto, o ministro da Educação insistiu em aparecer ao lado de apoiadores apoiados pelo governo e desconsiderar as diretrizes sobre distanciamento social.

Weintraub está atualmente sob investigação em conexão com a investigação falsa da Suprema Corte e por instigar ataques contra o Congresso e o judiciário. Em uma gravação de vídeo de uma reunião do gabinete em abril, Weintraub fez comentários inflamatórios solicitando a prisão de juízes da Suprema Corte.

Apoie este relatório →Apoie este relatório →

Ministro da Educação punido por não usar máscara em público
Ministro da Educação punido por não usar máscara em público