Minisséries Britânicas que você precisa conhecer | Parte 2

Na semana passada nesse mesmo lugar, foram mostradas quatro minisséries britânicas que sem dúvida vale a pena assisti. E hoje não vai ser diferente, separei mais quatro minisséries que gosto demais para compartilhar com vocês. Vocês podem notar que ao longo das minisséries mostradas, as maiorias são de épocas, mas tem algumas que é de outros gêneros também. Mas principalmente são minisséries que para quem curte histórias boas, mas não tão longas como tem em uma série, vai gostar muito.

Bleak House (2005):

Minisséries Britânicas que você precisa conhecer | Parte 2Minisséries Britânicas que você precisa conhecer | Parte 2

O romance sombrio de mais de 800 páginas de Charles Dickens ganha essa adaptação para a TV em quinze episódios, e mostra a disputa judicial de uma família rica de Londres pela herança confusa deixada pelo patriarca da família. Parece bobo, mas os familiares está há mais de uma década na disputa por essa herança. O contexto histórico data da decadência da era vitoriana, e é mostrado com muita ênfase na narrativa. A trama tem muitos personagens, uns mais doces e bonzinhos, outros que são mais calculistas e desprezíveis, mas para todos os efeitos, muito cativantes, cada um com as suas tramas paralelas e particulares. Pra quem gosta mais de séries de suspense, cheias de reviravoltas, com romance e luta por justiça, Bleak House pode ser uma boa pedida.

The Last Enemy (2008):

Situada num futuro próximo em um Reino Unido atormentado pelo terrorismo e imigração ilegal, a minissérie mostra a introdução da T.I.A. – Total Information Awareness (algo como: Percepção Informacional Total), um banco de dados que pode ser utilizado pelo governo para monitorar e controlar efetivamente qualquer pessoa, colocando toda informação disponível em apenas um local. A história trata da política de encobrimento em torno de um lote de vacinas adulteradas que parecem estar inoculando um vírus mortal, além da preocupação nos aspectos morais, sociais e privativos das pessoas de tal sistema num mundo pós 7/7 (atentado de bomba no metro de Londres que matou 56 pessoas).

É contada através da visão de Stephen Ezard (Benedict Cumberbatch), gênio da matemática retratado como uma pessoa reclusa e que mostra alguns sinais de desordens obssessivo-compulsiva. Um thriller dinâmico sobre um homem e sua busca pela verdade que o leva a uma conspiração internacional e também a uma paixão.

Little Dorrit (2008):

Little Dorrit é um drama de época de quatorze partes da BBC baseado no romance de 1850 de Charles Dickens. A série conta a história de Amy Dorrit, que passa os dias ganhando dinheiro para a família e cuidando de seu pai orgulhoso, que é um preso de longa data de Marshalse, a prisão dos devedores, em Londres. O mundo de Amy e de sua família se transforma quando o filho de seu patrão, Arthur Clennam, retorna do exterior para resolver legados misteriosos de sua família e descobre que suas vidas estão interligadas.

A minissérie é para todos aqueles que gostam de um bom clássico, de um bom romance e de uma boa história. É sem dúvida uma adaptação que quem gosta de histórias de épocas vai amar.

Thirteen(2016):

Thirteen é uma minissérie que conta a história de Ivy Moxhan uma garota que foi sequestrada aos 13 anos de idade e que 13 anos depois fugiu de seu cativeiro, um porão de uma casa.

Ivy agora precisa aprender a lidar com sua liberdade e se readaptar à sua família e amigos, o problema é que todos eles mudaram, cresceu, seguiram com sua vida, mas Ivy ficou “presa no tempo”. Além disso, os detetives que estão investigando o caso não acreditam que Ivy foi realmente sequestrada, eles acham que ela namorava o sequestrador e fugiu com ele, e por isso não está ajudando com a investigação porque não quer ele preso.

Thirteen tem uma narrativa simples, que não envolve conspirações, mas é completamente angustiante principalmente quando Ivy é confrontada com o que aconteceu no cativeiro e com as mudanças na sua realidade, ao ver o tratamento e falta de compreensão que ela recebe da polícia, e de outros personagens secundários.

Assim como as minisséries da semana passada, essas também vocês poderão encontrar na internet, e pode assisti na hora que você desejar. Espero que vocês tenham gostado e ter a curiosidade de ver alguma.

Caso perdeu a primeira parte já postagem é só conferir aqui:

Minisséries Britânicas que você precisa conhecer | Parte 1

Agradeço demais por sua presença nessa postagem!!