Jair quer ser um milionário

Nos próximos dias, o Brasil atingirá um milhão de casos de coronavírus registrados oficialmente. A “pequena gripe” de Jair Bolsonaro acabou sendo pequena.

Para piorar a situação, várias regiões sofrem com a possível subnotificação de casos, sugerindo que a situação atual do Covid-19 no Brasil poderia ser muito pior do que o marco sem precedentes de um milhão.

De acordo com O Instituto de Métricas e Avaliação em Saúde (IHME) da Universidade de Washington, no Brasil, pode superar os Estados Unidos e se tornar o país com o maior número de mortes por coronavírus no mundo até 29 de julho. Atualmente, o Brasil tem 46.665 mortes, contra 120.000 nos Estados Unidos.

De acordo com as tendências atuais, o Brasil pode atingir um total de 137.500 mortes nas próximas seis semanas e, em seguida, ultrapassar a curva de desaceleração dos EUA em 137.000. Com relação às mortes por 100.000 habitantes, o Brasil já poderia ser o líder mundial em 12 de julho, de acordo com o modelo do IHME. Até agora, os números não parecem dizer o contrário.

Jair quer ser um milionário
Jair quer ser um milionário

Bolsonaro finalmente se sentará e cuidará? Improvável. Enquanto a crise da saúde continua, o presidente está mais preocupado com os problemas institucionais. Seus aliados próximos estão sendo investigados por divulgar notícias falsas e organizar protestos antidemocráticos. Ainda nesta manhã, Fabricio Queiroz – amigo da família e ex-conselheiro de seu filho mais velho, Flávio Bolsonaro – foi preso em São Paulo para garantir que o presidente se distraia da Covid-19 por algum tempo.

  • continue lendo: Brasil tenta encobrir o número de mortes em Covid-19
  • E: Cidades com poucas mortes por Covid 19 viram um aumento nas mortes por SDRA
  • Da mesma forma: Apesar de todos os riscos, as cidades coloniais do Brasil estão mais uma vez se abrindo para o turismo

O post que Jair quer ser milionário apareceu pela primeira vez no relatório brasileiro.