Jair Bolsonaro vira réu do STF

Não poderia deixar passar em branco nesta coluna a decisão da primeira turma do Supremo Tribunal Federal que decidiu, na tarde desta terça-feira, que o deputado federal pelo PSC do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro, se tornará réu do tribunal por “incitação ao crime de estupro”.

Os ministros da suprema corte brasileira argumentaram que a imunidade parlamentar do deputado só o resguarda de assuntos referentes a seu mandato. A decisão foi de 4 votos a 1 contra o parlamentar.

O caso

Para quem não lembra, em meio a uma discussão com a também deputada federal Maria do Rosário, Bolsonaro relembrou um caso em que a colega o chamou de estuprador, e disse que não a estupraria, pois ela “não merece ser estuprada”.

Jair Bolsonaro vira réu do STF
Jair Bolsonaro vira réu do STF

Vamos aos questionamentos…

A quem interessa tal decisão absurda? Tornar réu um parlamentar por conta de uma simples frase proferida em situação retórica à declaração mais absurda ainda de Maria do Rosário é, no mínimo, autoritarismo.

Ou será que os ministros do STF também irão julgar a deputada em questão por ter chamado Bolsonaro de estuprador?

Quando a deputada Jandira Feghali se tornará réu no STF por ter associado, no Twitter, o então candidato à Presidência da República Aécio Neves a um avião cheio de cocaína, como bem pontuou o site O Antagonista?

Não entendo em que sentido um parlamentar que criou um projeto que prevê a castração química para estupradores teria a intenção de fazer apologia a um crime tão abominável.

Além da denúncia contra Jair Bolsonaro, por conta da tal frase, o Procurador Geral da República também já denunciou o ex-presidente Lula e parlamentares como Aécio Neves ao STF. Denúncias referentes a corrupção. Cadê o julgamento dos tais?

Ao proferir seu voto, o ministro Marco Aurélio, o único que votou contra a decisão, foi claro e preciso: disse ser “lastimável” o STF “perder tempo” apreciando a situação, e que, na sua avaliação, a declaração do parlamentar foi um “arroubo de retórica”.

A finalidade…

Essa decisão de hoje do STF, mesmo que não acabe em condenação, conseguiu desestabilizar cada vez mais Jair. Tenho certeza que irão tentar inviabilizar cada vez mais a candidatura do deputado à Presidência da República em 2018.

Abaixo, a primeira frase pública de Jair após a decisão. Até a próxima!

Relacionado