Figuras da semana: 30 de maio de 2020

Este é o Brazil by the Numbers, um resumo semanal dos números mais interessantes incluídos nas últimas notícias sobre o Brasil. Uma seleção de números que explicam o que está acontecendo no Brasil. Os tópicos desta semana: número de casos e mortes, problemas econômicos do Brasil após a pandemia, parlamentares mais próximos de Bolsonaro afetados por uma investigação antifalsificação de notícias, enfermeiros que não estavam preparados para combater o vírus, o pior do presidente Bolsonaro O desempenho do Datafolha, o apocalipse pandêmico do emprego, o Brasil celebrado pela ONU, o governo que busca recursos internacionais, o plano de reabertura de São Paulo

Envie sugestões para Contrib@brazilian.report

27.878 mortes, 465.166 casos

O Brasil teve mais de 1.000 mortes por coronavírus nos últimos quatro dias. Havia 1.124 novas vítimas e 26.928 novas infecções somente na sexta-feira.

O número total é agora 465.166 casos e 27.878 mortes. Isso faz do Brasil o país com o quinto maior número de vítimas no mundo depois de passar pela Espanha. De todos os países da América Latina, apenas o Equador tem mais mortes confirmadas por 1 milhão de pessoas que o Brasil (187 versus 125).


Declínio de 1,5%

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o PIB brasileiro caiu 1,5% no primeiro trimestre de 2020 em comparação com o trimestre anterior, em linha com as previsões do mercado. A contração não tão forte reflete o fato de que o coronavírus chegou mais tarde ao Brasil. O primeiro caso confirmado não foi registrado até 26 de fevereiro. No entanto, o futuro parece sombrio: o Fundo Monetário Internacional espera que a economia brasileira encolha 6,1% em 2020.


8 legisladores associados a um círculo de notícias falsas

A polícia federal brasileira realizou uma série de operações de busca e apreensão contra um suspeito anel de notícias falsas da direita. Além de ativistas conservadores, influenciadores e empresários de destaque, oito legisladores são examinados e solicitados a testemunhar. O caso pode potencialmente derrubar o presidente Jair Bolsonaro enquanto a investigação examina como os suspeitos podem ter financiado ilegalmente a campanha para Bolsonaro em 2018.

Os aliados do presidente, incluindo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, compararam a Operação Kristallnacht, o notório pogrom nazista contra os judeus. Martírio à parte, repórter Brenno Grillo quebrou as questões legais com o caso.


65% dos profissionais de saúde não se sentem prontos. para o vírus corona

UMA estude O think tank da Fundação Getulio Vargas com 1.500 profissionais de saúde mostra que 65% deles não se sentem “prontos” para lidar com a pandemia de Covid 19. O estudo também mostra que o nível de incerteza entre os agentes comunitários de saúde é maior – pois apenas 20% receberam equipamento de proteção individual adequado. O Brasil registrou pelo menos 137 mortes por coronavírus entre os enfermeiros – mais do que em qualquer outro país.


43 por cento rejeitam o presidente

De acordo com uma pesquisa recente do pesquisador Datafolha, 43% dos eleitores brasileiros desaprovam o governo Jair Bolsonaro. É o maior taxa de rejeição desde que assumiu o cargo em janeiro de 2019. No entanto, o número de pessoas que consideram o desempenho de Bolsonaro como “bom” ou “ótimo” permaneceu constante em 33%. Eleitores que o governo chama de “OK” 22% após 26% na pesquisa de abril.


Empréstimo de US $ 4 bilhões

O ministro das Finanças do Brasil anunciou quarta-feira que o governo está à procura de algo Empréstimo de US $ 4 bilhões por organizações financeiras internacionais para apoiar a implementação de programas de transferência de dinheiro no país. Segundo o governo, esses recursos adicionais seriam usados ​​principalmente para apoiar a UE Programa nacional de ajuda emergencial BRL 600, fundada no início da pandemia Covid 19.


4,9 milhões de empregos perdidos

Um recorde de 4,9 milhões de brasileiros perderam o emprego entre fevereiro e abrilIsso aumenta a taxa de desemprego do país para 12,6%, medida no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Os números refletem um anúncio anterior do Ministério do Comércio de que 1,1 milhão de empregos formais haviam sido fechados entre janeiro e abril. Estima-se que outros 3,7 milhões empregos informais também foram destruídos, o que contribuiu para um aumento de 5,2% no número de brasileiros desempregados.


2º oficial decorado

As Nações Unidas homenagearam um oficial militar brasileiro que trabalhou em uma missão de manutenção da paz no Haiti (Minustah) por excelência. Carla Monteiro Araújo é o segundo membro do exército brasileiro a receber esse prêmio. No entanto, a intervenção brasileira de 15 anos no Caribe deixou um legado altamente controverso, como O relatório brasileiro mostrando.


Reabertura em 1º de junho

O governo do estado de São Paulo começará a reabertura gradual da maior economia brasileira 1 º de junhoNo entanto, segundo o governador João Doria, medidas mais rígidas de isolamento podem ser tomadas se a situação em Covid-19 piorar. O plano, conhecido como “retomada consciente” da economia em São Paulo, consistirá em cinco fases e será implementado nas cidades, nas quais uma “redução consistente no número de casos, a disponibilidade de leitos hospitalares nos setores público e privado e uma” consistente Reduzir “os casos previstos para respeitar o isolamento social e o uso obrigatório de máscaras”, disse Doria. Mas o Brasil tem que manter os dois olhos abertos enquanto o desastre se segue A reabertura do Chile mostrou.

Leia a história toda

Comece seu teste gratuito de 7 dias

cadastro

Inscrever-se para