Figuras da semana: 27 de junho de 2020

Este é o Brazil by the Numbers, um resumo semanal dos números mais interessantes incluídos nas últimas notícias sobre o Brasil. Uma seleção de números que explicam o que está acontecendo no Brasil. Tópicos nesta semana: os últimos 19 números da Covid, mais informações erradas no currículo de um ministro, os brasileiros preferem o turismo doméstico, a ONU faz 75 anos, mais más notícias do FMI, problemas com investimentos estrangeiros, bilionários contra a pandemia, opinião das pessoas sobre o país A agência de inteligência do presidente e os brasileiros não confiam nos dados do Covid 19.

Envie sugestões para Contrib@brazilian.report

55.961 óbitos, 1.274.974 casos

A mais recente atualização do Covid 19

O Ministério da Saúde mostra que o Brasil teve 55.961 mortes e 1.274.974 casos confirmados, consolidando seu lugar como o segundo país mais alto do mundo. Quão O relatório brasileiro mostrou que o Brasil registrou mais casos novos do que qualquer outro país e não parece ter um plano para combater a pandemia. Apesar desses números, muitos estados já planejam encerrar suas medidas de quarentena.


70% não confiam nos dados

Uma pesquisa feita por Paraná Pesquisas mostra que 70% dos brasileiros não confiam nos números oficiais da Covid 19 – 35% acreditam que os dados estão subvalorizados, enquanto outros 35% dizem que os números estão superestimados. Agora, um em cada 20 brasileiros acredita que o vírus corona nem é real. Entre aqueles com ensino superior ou superior, a suposição de que os casos não são suficientemente relatados aumenta para 42% dos pesquisados.


2 currículos falsos

O reitor da Universidade Nacional de Rosário, Franco Bartolacci, twittou que o novo ministro da Educação brasileiro Carlos Alberto Decotelli da Silva não havia recebido seu doutorado. da instituição, como declara Decotelli em seu currículo. Esta não é a primeira vez que um membro do gabinete de Bolsonaro é pego em seu currículo. Em 2019, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, mentiu sobre um mestrado em Yale. Salles disse que foi um erro da parte de sua assessoria de imprensa, mesmo que ele tenha passado as informações erradas várias vezes. O fato ficou conhecido após reportagem do site de notícias The Intercept Brasil.


61% querem viajar internamente

Segundo uma pesquisa da MindMiners, os brasileiros parecem estar prontos para escolher o turismo doméstico em vez das viagens internacionais, uma vez que as restrições do Covid 19 sejam levantadas. Dos 500 entrevistados, 61% afirmaram que preferem viajar no Brasil antes de arriscar uma viagem a outro país em um mundo pós-pandemia. A pesquisa mostra que 71% dos participantes cancelaram ou adiaram pelo menos um plano de viagem devido à pandemia, 93% cancelaram uma ou mais viagens domésticas e 80% foram forçados a desistir de voos internacionais.


75 anos atrás

26 de junho marca o 75º aniversário da assinatura da Carta das Nações Unidasque estabeleceu o maior e mais duradouro experimento em cooperação política global na história moderna. Se o Brasil era originalmente conhecido pelo papel do diplomata Oswaldo Euclides de Sousa Aranha na liderança da primeira reunião da organização em 1947, que mais tarde levou ao estabelecimento do Estado de Israel, o país agora se vê devido ao presidente Jair Bolsonaro # 8217; política anti-globalista. & nbsp;


Queda de -5,3 a -9,1%

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgou novas previsões do PIB no início desta semana, que reduzem as previsões para a América Latina e o Caribe. Segundo o fundo, a economia da região deverá diminuir em 9,4% – anteriormente, as previsões haviam caído em 5,2%. Brasil e México, as duas maiores economias da região, são os motivos das projeções mais baixas. Para o Brasil, o FMI piorou as previsões do PIB de -5,3 para -9,1%; no México, aumentou de -6,6 para -10,5%.


US $ 2,6 bilhões

Dados do banco central mostram que o investimento direto estrangeiro no Brasil caiu em maio de 2020, caindo para apenas US $ 2,6 bilhões, ou 69% menos que há um ano. De janeiro a maio, o declínio foi menos dramático, mas ainda substancial: 35% a partir de 2019. Isso continua uma tendência de pandemia que tornou os mercados mais avessos aos riscos. Em abril, o investimento direto estrangeiro era de apenas US $ 234 milhões, ou 95% menos que no ano anterior, quando o investimento estrangeiro atingiu US $ 5,1 bilhões.


Top 5

Segundo a Forbes, três das cinco pessoas mais ricas do Brasil, como Jorge Paulo Lemann, Alberto Sucupira e Marcel Telles, anunciaram com sucesso os planos de construir um centro de produção de vacinas Covid-19. Se o projeto progredir, o centro de fabricação custará cerca de US $ 30 milhões e será doado ao governo federal.


54%

Segundo pesquisa do jornal Folha de S.Paulo, a maioria dos brasileiros não considera o presidente Jair Bolsonaro uma pessoa inteligente. A pesquisa entrevistou 2.016 pessoas e constatou que 54% o consideraram “pouco inteligente”. Os outros 40% consideram o líder de mercado “muito inteligente”. e um total de 6% não sabia o que responder.

Leia a história toda

Comece seu teste de 7 dias

cadastro

Inscrever-se para