Esqueça os prefeitos, a eleição do presidente do parlamento é a corrida que conta

Esta semana, vamos dar uma olhada nos bastidores das eleições para o presidente da Câmara em fevereiro. E a crise foi deflagrada por uma divisão da Suprema Corte.

A escolha que conta

Os brasileiros vão votar nos dias 15 e 29 de novembro para escolher seus novos prefeitos e vereadores.

Mas o presidente Jair Bolsonaro tem outra eleição em mente que considera muito mais consistente. Em fevereiro de 2021, membros do Congresso votarão para a eleição do novo Presidente do Parlamento e Presidente do Senado, e os titulares Rodrigo Maia (Câmara) e Davi Alcolumbre (Senado) não poderão concorrer a mais um mandato. sujeito a uma mudança na constituição. Isso abre caminho para que o governo proponha seus próprios candidatos.

A escolha principal. O principal interesse de Bolsonaro é a eleição do Presidente do Parlamento, visto que o Presidente da Câmara dos Comuns tem plenos poderes para iniciar (ou bloquear) o processo de impeachment contra o Presidente.

  • Embora o presidente permaneça oficialmente neutro durante o processo eleitoral, ele apóia o deputado Arthur Lira, uma figura de alto escalão do chamado “Grande Centro”, uma coalizão frouxa de inquilinos conservadores que agora compõem o Sr. Base de apoio do Bolsonaro no Congresso.

Sim mas … A correspondente de Brasília, Débora Álvares, relata que, apesar de seu bom relacionamento com o Big Center, Bolsonaro ainda não confia no establishment do congresso – e possivelmente empata na disputa do palestrante. Ele está considerando apoiar Tereza Cristina, atual Ministra da Agricultura, para este cargo.

  • Altos funcionários do governo disseram O relatório brasileiro que Bolsonaro (com razão, podemos acrescentar) acredita que o apoio do Grande Centro é estranho – e uma mudança no sentimento político poderia resultar em ele ser mantido como refém por este grupo egoísta. Portanto, ele gostaria de ter o seu “próprio” na cadeira do orador.
  • Como congressista, Cristina é ex-chefe do Caucus Rural, um dos lobbies mais poderosos de Brasília. Ela afirma que não quer deixar o gabinete e votar nas eleições para presidente – mas ela faria se o presidente pedisse.
  • Segundo fontes do governo, Cristina está frustrada com os colegas de gabinete Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Ricardo Salles (Meio Ambiente), que contribuíram para uma crise de imagem no agronegócio brasileiro devido aos ataques à China e China desastres ambientais recentes.

Por que isso importa. Se a medida for confirmada, pode ser vista como uma traição ao Grande Centro, grupo que deu estabilidade ao governo Bolsonaro. Nossas fontes dizem que Jair Bolsonaro poderia compensar os funcionários do Big Center oferecendo-lhes cargos importantes no gabinete.


Uma divisão da Suprema Corte

Nesta tarde, o Supremo Tribunal Federal perderá um de seus pilares: o ministro Celso de Mello, que se aposentou após 31 anos no banco de maior prestígio do país. Além disso, essa mudança ocorrerá quando o julgamento passar por um momento de profunda divisão interna. Dois eventos recentes aumentaram essa divisão entre os juízes:

  • Lavagem de carros de operação. Depois que o presidente Jair Bolsonaro disse que havia “encerrado” a força-tarefa porque “não há mais corrupção no governo”, o ministro da Justiça, Luiz Fux, solicitou que todos os processos relacionados à operação fossem transferidos de um órgão de cinco autoridades judiciais – um mecanismo para Reduzindo o atraso do tribunal – para tomar decisões no tribunal. Um dos dois conselhos da Suprema Corte foi nomeado “Jardim do Eden“Por causa de sua propensão a decidir a favor do acusado enquanto o presidente do Supremo é um conhecido defensor da Operação Lava Jato. Os membros do ‘jardim’ reagiram mal à decisão, chamando-a de ‘absurda’.
  • Líder de gangue do PCC. No longo fim de semana, o Supremo Tribunal Federal emitiu um líder de alto escalão do Primeiro Comando da Capital (PCC), o facção do crime organizado mais poderosa e difundida no Brasil. A decisão do juiz Marco Aurélio Mello foi proferida após o Ministério Público não ter renovado o pedido de prisão preventiva do preso. O presidente do tribunal anulou a decisão em menos de 24 horas. Nesse ponto, o líder da gangue já estava solto. O juiz Mello ficou chateado com a reviravolta e disse: “O juiz principal não é [his] considerar.”

Por que isso importa. Uma Suprema Corte dividida pode exacerbar algumas das maiores deficiências do painel, particularmente a falta de coerência e respeito pelos precedentes.

  • Em Brasília corre a piada de que o Brasil não tem Supremo Tribunal Federal, mas 11 – já que cada judiciário joga de acordo com suas regras. Isso nunca pareceu tão adequado.

Perigos. Entretanto, o tribunal foi vítima de vários ataques, incluindo grupos de direita que operam sob os auspícios da Primeira Família (que apelam ao encerramento total do tribunal). Com seu comportamento imprevisível, os juízes evitam que esses grupos tenham que desacreditá-los.


Mercados

Outubro será um mês para IPOs de tecnologia no Brasil. A Suno Research recomenda que investidores participem da oferta da provedora de banda larga Triple Play, se os preços forem de até R $ 14 por ação. A Triple Play possui 75 por cento de uma rede com tecnologia de fibra ótica carro-chefe e está fortemente representada em cidades de pequeno e médio porte. A penetração da Internet está crescendo neste segmento e os concorrentes ainda dependem de infraestruturas de rede desatualizadas.

Natália Scalzaretto


Novo estudo liga o trabalho informal às mortes de Covid-19

Em várias ocasiões estivemos com O relatório brasileiro explicou como o Brasil (e a América Latina) economia muito informal contribuiu para sua terrível epidemia de coronavírus. Sem minimizar a responsabilidade das agências governamentais e sua resposta fracassada à pandemia, a verdade é que milhões de pessoas simplesmente não podiam se dar ao luxo de estar socialmente isoladas.

Um novo estude da Universidade Federal do Rio de Janeiro, pegou cinco cidades brasileiras com diferentes proporções de trabalhadores informais e comparou suas taxas de mortalidade Covid-19, os resultados confirmando a hipótese de que trabalhadores sem carteira não podiam ficar em casa. Para cada 10 pontos adicionais na taxa de informalidade da cidade, as taxas de infecção aumentam 29% e as taxas de mortalidade 38%.


olhando para frente

  • Orçamento de guerra. O governo ainda não tem solução para seu plano de implantar um novo programa de bem-estar e ao mesmo tempo cumprir o teto de gastos federais que impede o governo de aumentar os gastos públicos sem receita adicional. O governo está considerando estender o chamado “orçamento de guerra” até 2021. Esta foi uma solução aprovada pelo Congresso para criar um orçamento paralelo para gastos relacionados ao coronavírus para contornar o limite. No entanto, analistas dizem que usar este mecanismo para despesas correntes é um Crise de confiança entre os mercados.
  • Lista de prioridades. o Eleições locais em novembro O governo praticamente não terá tempo para fazer reformas importantes em 2020. Em vez disso, o governo vai focar em três prioridades do Congresso: adotar o novo marco legal para o setor de gás, abrir o mercado de navegação de cabotagem e retirar o monopólio estatal dos Correios dos correios, abrindo caminho para a privatização da empresa.
  • A infraestrutura. O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, iniciou um Tour no Congresso Para atrair patrocinadores para os projetos selecionados, a administração espera chegar à conclusão até 2021. Um terço do orçamento de seu ministério virá de verbas parlamentares que funcionários individuais usam para se candidatar a parte do orçamento federal para projetos em seus círculos eleitorais.
  • Vacina. O presidente Jair Bolsonaro disse várias vezes que “ninguém pode forçar ninguém” a tomar um Vacinação Covid-19mas os brasileiros não parecem concordar. Mais de 70% das pessoas em quatro grandes centros urbanos (São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Recife) querem que a vacina contra o coronavírus seja obrigatória assim que estiver disponível. No entanto, o entusiasmo pela vacina é menor nas classes mais ricas.

Caso você tenha perdido

  • Suprema Corte. Celso de Mello, o mais antigo juiz do Supremo Tribunal Federal, está se aposentando hoje, depois de 31 anos, na mais alta corte do Brasil. Ele se distinguiu como o mais ardoroso defensor do tribunal pelas liberdades individuais e seus colegas dizem que ele deixará grandes sapatos para preencher. Em seu lugar, o presidente Jair Bolsonaro escolheu o juiz federal Kássio Nunes, que foi aprovado por partidos políticos tradicionais no Congresso. Uma audiência de confirmação está marcada para a próxima semana, e Nunes já tem maioria na Comissão Constitucional e de Justiça do Senado.
  • Economia. O ministro da Economia, Paulo Guedes, que já foi o czar da economia do Brasil, agora parece perder prestígio a cada dia. Depois que o presidente Jair Bolsonaro o insultou publicamente várias vezes, ele agora está considerando Divisão do feudo do Sr. Guedes em vários ministérios – Restauração do Ministério do Trabalho e possivelmente também do Ministério do Comércio. Isso daria ao presidente mais poder no comércio de cavalos com o Congresso.
  • Acordo comercial. Numa votação entre 345 e 295, o Parlamento Europeu aprovou uma alteração à política comercial comum da UE, que foi vista como uma rejeição ao acordo de comércio livre entre a UE e o Mercosul, assinado apenas no ano passado. A alteração enfatiza a necessidade de garantir uma concorrência leal e o cumprimento das normas de produção europeias – e acrescenta que, por razões ambientais, “Acordo UE-Mercosul não pode ser ratificado. ”
  • Inclusão financeira. O PIX, plataforma de pagamento instantâneo criada pelo banco central brasileiro, abriu oficialmente as inscrições na semana passada. O número de cada chave emitida atingiu aproximadamente 24 milhões. O novo sistema de pagamento que permite transferências instantâneas de dinheiro entrará no ar em 16 de novembro. Além de permitir transferências e pagamentos quase instantâneos fora do horário comercial, o sistema pode ser usado para enviar e receber dinheiro gratuitamente.

Leia a história completa AGORA!

Comece seu teste de 7 dias

Conecte-se

Inscrever-se para

The Post Forget Mayors, a eleição do presidente da Câmara é a corrida que importa, apareceu pela primeira vez na reportagem brasileira.