Escócia: país conhecido pelo uso do kilt

A Escócia é um dos quatro países que fazem parte do Reino Unido, sua capital é Edimburgo. Na Escócia, apenas 7 cidades possuem o título de cidade propriamente dita, que são: Edimburgo, Glasgow, Aberdeen, Dundee, Inverness, Stirling e Perth.

Combina paisagens selvagens, castelos históricos e campos de batalha. Edimburgo e Glasgow são os principais centros culturais, enquanto a “cidade do granito”, Aberdeen, é o centro do negócio do petróleo britânico. Os visitantes podem fazer um tour pelas destilarias do país famoso pelo uísque, além de desfrutar da caça, pesca, vela, esqui e golfe.

Escócia: país conhecido pelo uso do kilt
Escócia: país conhecido pelo uso do kilt

Thistle, a Flor da Escócia

Abaixo conheça os melhores pontos turísticos da Escócia e suas curiosidades.

Forth Bridge, liga Edimburgo as Highlands

A Escócia é muito bem servida por trens, a sua malha ferroviária é gigante e cobre muito bem boa parte do país. O país tem mais de 300 estações de trem e a única empresa de trem da Escócia é a ScotRail.

Edimburgo tem sido o centro cultural do país por mais de 1.000 anos. A Royal Mile, uma combinação de várias ruas que compõem a cidade antiga, conserva o seu aspecto medieval. Ela conecta o Castelo de Edimburgo no topo da colina ao Palácio de Holyrood House, residência da monarquia britânica na Escócia.

Stirling

A capital da Escócia no século 14, durante a época de Robert the Bruce, Stirling, é a porta de entrada para as Highlands. A sua localização marcou o ponto mais baixo da travessia do Rio Forth até a construção de pontes no século 20. Além de ter sido local da Batalha de Bannockburn, no qual Robert the Bruce saiu vitorioso sobre os ingleses, no ano de 1314. O Castelo de Stirling foi à casa original do Parlamento escocês.

Great Glen

O Great Glen é uma série de vales e lagos criados pelo movimento da Great Glen Fault, uma falha geológica que atravessa a Escócia entre o Moray Firth e as Ilhas Ocidentais. Ela corta as Highlands escocesas nas Grampians do sul e as montanhas do Noroeste. Glencoe, localizada no sudoeste da costa de Loch Leven, foi palco do massacre de 1692 entre o clã MacDonald e o clã Campbell, e ainda mantém o seu aspecto assustador. Próxima à região estão localizadas Ben Nevis, a montanha mais alta da Grã-Bretanha, e o Fort William, que têm resorts de esqui durante o ano todo.

Ilhas Hébridas

As ilhas Hébridas estão situadas no largo da costa atlântica da Escócia, no qual os três canais de água: Minch, Little Minch e Mar das Hébridas, que separam as ilhas interiores e exteriores. Lá é possível visitar Iona, o berço do cristianismo celta, localizada no sul, que concentra uma vista deslumbrante da ilha de Skye de Stornoway, no noroeste. As ilhas são ricas em história, cultura antiga e paraísos da vida selvagem. Aquecidas pela corrente quente do Golfo, o clima é ameno e há inúmeras praias desertas. Uma das melhores vistas sobre essas ilhas é do mar ao amanhecer, quando o sol se eleva acima da neblina.

Para quem gosta de frio, aqui é o lugar ideal!!!

As estações do ano na Escócia são invertidas com relação ao Brasil, é mais ou menos assim:

– Inverno (dezembro a março): É muito frio, venta e chove muito, e ultimamente, com possibilidade de neve bem frequente. O dia amanhece por volta de 08:30 e escurece em torno de 15:30.

Inverno de 2010, em Edimburgo.

– Primavera (abril a junho): ainda é frio, porém segundo as estatísticas, o mês de abril é o mês com maior probabilidade de dias com sol. O dia começa a amanhecer as 04:30 e escurece próximo as 22:00.

Maio de 2011, as ruínas do Dunbar Castle, em Dunbar.

– Verão (julho a setembro): é fresquinho, mais tendendo a ser frio do que calor. Pra falar bem a verdade, geralmente o verão tem apenas uns 3 ou 4 dias (no máximo uma semana) de temperaturas chegando próximo aos 28 graus. Fora isso, a média é de 15 a 18 graus e pouquíssimos dias a temperatura fica menos de 15 graus. O dia amanhece por volta das 05:30 e escurece perto das 21:30.

Verão de 2014, em Glenfinnan.

– Outono (outubro a dezembro): começa a ficar mais frio, chove com bastante frequência (mais do que o normal) e com certeza, é a estação mais bonita do ano. As árvores começam a trocar de cor, deixando o verde e dando lugar a vários tons de amarelo, marrom e vermelho. Quanto termina o horário de verão (no último final de semana de outubro), o dia amanhece por volta das 07:00 e escurece antes das 17:00.

Outono de 2011 na região de Stockbridge, em Edimburgo.

Se comparar com os verões que temos no Brasil, não existe verão na Escócia!

Os escoceses costumam dizer, na Escócia existe apenas duas estações:

junho e inverno.

Edimburgo, do alto do Calton Hill.

St Andrews Cathedral, em St Andrews.

Vilarejo de Crail, na costa leste da Escócia.

Riverside Museum e Tall Ship, em Glasgow.

Lago Ness, nas Highlands.

Dean Village e o rio Water of Leith, em Edimburgo.

Ilha de Staffa, na costa oeste da Escócia.

Anstruther, na costa leste da Escócia.

Eilean Donan Castle, em Dornie.

Portree, a capital da ilha de Skye

Curiosidades sobre a Escócia

  1. A Escócia é uma das quatro nações que compõem a Grã Bretanha (as outras três são Inglaterra, País de Gales e Irlanda do Norte). A capital Edimburgo é um dos maiores centros financeiros europeus.
  2. O nome Escócia (Scotland) deriva do latim Scotia, que significa terra dos scots, um povo de origem celta vindo da Irlanda e que se estabeleceu na costa oeste da Grã-Bretanha por volta do século V.
  3. O Inglês é a língua falada no país. Duas outras línguas também são faladas em algumas comunidades: o Scots e o gaélico escocês.
  4. O Banco da Escócia (Bank of Scotland) foi o primeiro banco europeu a emitir notas. Fundado em 1695 é o segundo banco mais antigo do Reino Unido a seguir em operação. O primeiro é o Bank of England fundado um ano antes.
  5. A geografia da nação é bem diferenciada apesar do pequeno tamanho do país. Ao norte há várias montanhas e ilhas nas chamadas “highlands” e ao sul as lowlands são formadas por planícies.
  6. A Escócia preserva grandes áreas verdes intactas e nelas estão, em grande parte, as mais altas montanhas do Reino Unido, incluindo o Ben Nevis (1.343 m), pico mais alto do Reino Unido.
  7. A economia é baseada no setor de serviços, principalmente de turismo, serviços financeiros, da educação e da pesquisa tecnológica. Também se destaca no setor de bebidas, a produção de uísque é o principal produto.
  8. Tem uma das maiores concentrações de indústrias eletrônicas da Europa Ocidental, com aproximadamente 550 unidades de produção (ou 160 indústrias), dando emprego a quase 40.600 trabalhadores.
  9. Alexander Graham Bell, quem inventou o telefone, nasceu em Edimburgo e, como seu pai, era instrutor e educador de surdos.
  10. A criação em cativeiro de peixes, especialmente de salmão, tem se tornado cada vez mais importante: a Escócia detém atualmente a maior produção em cativeiro de salmão da União Europeia.
  11. A cidade de Edimburgo recebe no Verão, aquele que é considerado o mais importante festival cultural do mundo: o Festival de Edimburgo.
  12. O Lago Ness é uma das grandes atrações turísticas escocesas, onde existe o mito do Monstro do lago Ness. Desde o início do século os habitantes da região e turistas afirmam ter visto um monstro pré-histórico no fundo desse lago. Muitas expedições foram feitas no local e até hoje nada foi encontrado.
  13. O Castelo de Edimburgo situado no alto de uma colina rochosa, guarda mais de 1.400 anos de história. Foi um dos castelos preferidos da realeza escocesa até a união com a coroa inglesa, em 1603. Atualmente é a sede do Regimento Real Escocês.
  14. Existem inúmeros castelos por todo o país. A grande maioria deles tem fama de serem mal-assombrados.
  15. A culinária escocesa é praticamente igual à do resto da Grã-Bretanha, mais com alguns toques de ingredientes escoceses. O gravy é um bom exemplo disso, inventado na Escócia como um acréscimo a pratos ingleses o grosso caldo de carne, é consumido em várias partes do mundo.
  16. A Escócia é muito bem servida por trens, a sua malha ferroviária é gigante e cobre muito bem boa parte do país. O país tem mais de 300 estações de trem e a única empresa de trem da Escócia é a ScotRail.
  17. Edimburgo é a única cidade do mundo na qual um cachorro recebeu o prestigioso prêmio Freedom of the City. O prêmio foi merecidamente dado ao cãozinho Greyfriars Bobby. O cãozinho permaneceu 14 anos ao lado do túmulo do seu falecido dono.
  18. O país é famoso pelo seu uísque, feito com a água mais pura do mundo, vinda das Highlands (terras altas), pelas suas lãs e pelos homens que vestem saia (o kilt).
  19. Gaita de Foles (Bagpipe em inglês), um dos símbolos da Escócia, que por muitos anos foi associado às batalhas na Idade Média, sendo reconhecido como um instrumento de motivação aos bravos guerreiros escoceses. Pelo fato da Gaita de Foles está totalmente vinculada à Escócia, muitas pessoas pensam que ela foi criada pelo pessoal das Highlands. Porém, muitos historiadores apontam o uso de instrumento musical semelhante pelos Egípcios na Idade Antiga.
  20. O kilt é um traço marcante da cultura e identidade do país, que surgiu no século XVI, no norte da Escócia. Cada clã ou família tinha um tipo de quadriculado no kilt, que identificava os seus integrantes.

Fonte:

http://pt.shvoong.com/society-and-news/culture/2239385-15-curiosidades-da-esc%C3%B3cia/#ixzz23pPgnmZ3 http://contandoashoras.com/escocia/

_____________________________________________________

Esta foi mais uma edição do Bora lá? International!

Obrigada a todos os leitores e comentaristas por acompanhar o Recreio e suas atrações.

Sugestões podem ser enviadas para o e-mail:

siterecreio@gmail.com.

S.R.🌹