Diz-se que as empresas são uma fonte de capital de giro para pequenas empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fornecerá às empresas que desejam fornecer capital de giro a seus fornecedores e clientes uma linha de crédito especial de R $ 2 bilhões (US $ 380,45 milhões), disse o ministério do consultor especial. , Guilherme Domingos, em frente ao jornal financeiro Valor.

A medida foi criada para preencher uma lacuna na oferta de crédito a pequenos fornecedores e empresas que atualmente não se beneficiam da maioria dos programas de crédito. O sistema servirá para “ancorar” empresas cuja sobrevivência beneficia clientes e fornecedores em seus próprios negócios. Dessa forma, as necessidades e interesses da empresa são conciliados com a tentativa do BNDES de salvar pequenas e médias empresas.

As empresas podem contrair empréstimos de até BRL 200 milhões, pagos ao longo de um período de 60 meses a uma taxa de juros mínima de 1,4 a 1,6% ao ano. Você precisará redistribuir uma parte desses fundos com as mesmas taxas de juros e prazos originais para evitar lucros substanciais. Esse processo servirá como uma linha de crédito adicional ao atual programa de apoio do governo para pequenas e microempresas (Pronampe).

O programa tem o potencial de ajudar muitas pequenas empresas, conforme relatado por O relatório brasileiroainda estão lutando para gerar capital de giro suficiente, apesar da lenta reabertura da economia brasileira.

Diz-se que as empresas são uma fonte de capital de giro para pequenas empresas
Diz-se que as empresas são uma fonte de capital de giro para pequenas empresas
Apoie este relatório →Apoie este relatório →