Coronavírus: Brasil cruza 150.000 linha de morte

O Brasil é o segundo país do mundo a ter ultrapassado 150 mil mortes por coronavírus, segundo o Ministério da Saúde. Apenas os EUA confirmaram mais vítimas de Covid-19.

O maior país da América Latina recebeu críticas internacionais por lidar com a pandemia. O presidente Jair Bolsonaro foi um dos maiores opositores do mundo – apesar de ter contraído o vírus ele mesmo – e o Ministério da Saúde brasileiro é comandado por um general do Exército especializado em logística e sem experiência em saúde.

Ainda nesta semana, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse não saber o que era o Sistema Único de Saúde (SUS) antes de aceitar o emprego. “Eu vivi minha vida com o Exército [healthcare] Instituições. Agora tenho que conhecer o SUS e entender o tamanho desse sistema ”, disse.

O Brasil sozinho responde por 52 por cento de todos os casos de coronavírus na América Latina. Todos os outros países somam 4,8 milhões de infecções – enquanto o Brasil já ultrapassou a marca de 5 milhões.

Coronavírus: Brasil cruza 150.000 linha de morte
Coronavírus: Brasil cruza 150.000 linha de morte
Apoie este relatório →
Apoie este relatório →