Chernobyl – Maior Acidente Nuclear da História e Veja como está Atualmente a População, Cidade, Usina e Locais

Em 1986, aconteceu o terrível acidente nuclear de Chernobyl (Ucrânia) que até hoje existem vestígios de diversas formas em milhares de pessoas. Tudo aconteceu por conta de um teste para descobrir o comportamento de um reator quando utilizado com baixa energia, os funcionários envolvidos no episódio interromperam a circulação do sistema hidráulico que controlava as temperaturas do reator ignorando as regras de segurança. Entretanto, a mudança fez com que o reator se superaquecesse e explodisse liberando Urânio-235 (elemento radioativo) por toda a região.

O Desastre

Chernobyl – Maior Acidente Nuclear da História e Veja como está Atualmente a População, Cidade, Usina e Locais
Chernobyl – Maior Acidente Nuclear da História e Veja como está Atualmente a População, Cidade, Usina e Locais

O material que foi espalhado no momento do desastre era assustadoramente quatrocentas vezes maior que o das bombas utilizadas no bombardeio às cidades de Hiroshima e Nagasaki, no fim da Segunda Guerra Mundial. Então em seguida do desastre, uma nuvem de material radioativo cobriu a cidade ucraniana de Pripyat.

A Resolução

As autoridades soviéticas organizaram uma enorme operação de limpeza na cidade, com cerca de 600 mil trabalhadores. Vários helicópteros foram enviados para o centro das explosões com uma grande carga de areia e chumbo para conter as chamas devastadoras. Neste momento, ainda foi necessário que 45 mil pessoas fossem retiradas às pressas do território afetado.

A População

A nuvem depositou diversos elementos radioativos, especialmente o Iodo-131 e Césio-137, por praticamente todo o solo Europeu. Por causa da forte radioatividade a população acabou sofrendo diversas doenças, principalmente o câncer. Além disso, os descendentes dos atingidos apresentam uma grande incidência de problemas congênitos e anomalias genéticas.

Atualmente

A Usina de Chernobyl está desativada. Após o risco de o material radioativo escapar novamente por conta do desgaste da estrutura, a construção depois de 30 anos de um novo sarcófago na espécie de escudo gigante feito de aço foi iniciado e deve ser finalizado até o final de 2017.

Curiosidades

1 – O iodo radioativo de Chernobyl provocou chuvas ácidas no Japão. Segundo cientistas da época, mais de 100 mil pessoas sofreriam câncer e defeitos genéticos nos próximos 100 anos por causa da contaminação.

2 – O desastre de Chernobyl continua sendo o único incidente nível 7 na Escala Internacional de Eventos Nucleares (INES), tornando-se o maior desastre provocado pelo homem em toda a história.

3 – 800.000 homens arriscaram suas vidas para se expor à radiação a fim de conter a situação. 25.000 deles morreram e 70.000 estão inativos.

4 – 20% dessas mortes foram suicídios.

5 – Algumas pessoas voltaram para a área afetada com as suas famílias, a fim de tirar proveito do benefício de compensação do governo.

6 – O grupo ambientalista Greenpeace coloca o eventual número de mortos em 93 mil por câncer no mundo inteiro.

7 – Mais de 5 milhões de pessoas vivem em áreas que são consideradas “contaminadas” com material radioativo do acidente.

8 – A região tornou-se um dos santuários da vida selvagens mais exclusivos do mundo, com prósperas populações de lobos, veados, castores, águias e outros animais.

9 – O vazamento de radiação fez com que uma floresta próxima ganhasse uma cor de gengibre brilhante. Assim, a floresta foi nomeada “Floresta Vermelha”.

10 – Autoridades dizem que pode demorar até 100 mil anos antes que o local esteja completamente livre da radiação.