Brasileiros enviam mais de 960.000 novos subsídios de desemprego em maio

Os trabalhadores brasileiros fizeram 960.258 novos pedidos de subsídio de desemprego em maio – um recorde e um aumento de 28% em relação a abril. Comparado a um ano atrás, a alta chegou a 50%.

O Ministério da Economia recebeu quase 3,3 milhões de pedidos de desemprego desde o início do ano, 12,4% a mais do que no mesmo período do ano passado.

Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro registraram 40% do dano total em maio – o que corresponde à sua participação na população brasileira. Como já relatado por O relatório brasileiro, Números nacionais mostram que cerca de 4,9 milhões de empregos formais e informais desapareceram desde que o vírus da coroa atingiu o Brasil.

Brasileiros enviam mais de 960.000 novos subsídios de desemprego em maio
Brasileiros enviam mais de 960.000 novos subsídios de desemprego em maio

Apoie este relatório →Apoie este relatório →