Brasil chega a 4 milhões de casos de coronavírus. Mas a propagação pode diminuir

O Brasil atingiu 4 milhões de casos confirmados de coronavírus. Pelo menos 124.614 pessoas já morreram da doença. Apenas os EUA têm pontuações piores do que o Brasil – e ainda assim os dados dos testes no Brasil são baixos e imprecisos, o que levou a maioria dos cientistas a concluir que os totais reais são muito maiores.

Mesmo assim, o presidente Jair Bolsonaro deu tapinhas nas costas novamente, dizendo que sua resposta à pandemia foi “sem precedentes”. Ele mencionou o uso de hidroxicloroquina como evidência de seu sucesso no tratamento do coronavírus. No entanto, o medicamento contra a malária não tem efeito benéfico comprovado em pacientes com Covid-19.

Os dados atuais sugerem que o spread pode diminuir. O Brasil demorou 25 dias para passar de 3 para 4 milhões de casos – dois dias a mais do que a transição de 2 para 3 milhões. Além disso, o número de mortes e infecções caiu ligeiramente em agosto. Enquanto os especialistas comemoram os números positivos, eles alertam que as curvas ainda são altas.


Apoie este relatório →Apoie este relatório →

Brasil chega a 4 milhões de casos de coronavírus. Mas a propagação pode diminuirBrasil chega a 4 milhões de casos de coronavírus. Mas a propagação pode diminuir