Brasil: 3 milhões de casos; 100.000 mortes

O Brasil atingiu um marco terrível hoje e é apenas o segundo país do mundo depois dos Estados Unidos a ter 3 milhões de casos de coronavírus e 100.000 mortes.

Apesar do imenso número de mortos, o governo federal brasileiro decidiu comemorar “uma das menores taxas de mortalidade do mundo por 1 milhão de pessoas no mundo”. Não foi a primeira vez que o governo de Jair Bolsonaro tentou minimizar o número de coronavírus no Brasil e tentou mudar o foco para uma abordagem de copo “meio cheio”. O Ministério da Saúde havia lançado anteriormente o “Scoreboard of Life” para chamar a atenção para o número de pacientes que se recuperaram da infecção por Covid-19.

Durante uma transmissão ao vivo nas redes sociais na quinta-feira, junto com o ministro interino da Saúde Eduardo Pazuello, ele disse: “100.000 pessoas morrerão, talvez hoje. Mas vamos continuar com nossas vidas e encontrar uma saída”. Bolsonaro acrescentou que ele “se desculpa” pelas vítimas.

O Sr. Pazuello mencionou que a maioria dos pacientes se recupera e que “a vida continua”.

Brasil: 3 milhões de casos; 100.000 mortes
Brasil: 3 milhões de casos; 100.000 mortes
Apoie este relatório →Apoie este relatório →