Bolsonaro afirma que foi curado do Covid-19

Presidente Jair Bolsonaro anunciado Seu último teste do Covid 19 foi negativo no início de sábado (depois de positivo nos dias 7 e 21 de julho). O presidente publicou uma foto no Twitter com uma caixa de hidroxicloroquina – um medicamento contra a malária sem eficácia comprovada contra o coronavírus. Bolsonaro o considerou uma “possível cura”.

O presidente brasileiro anunciou pela primeira vez que havia sido infectado com o vírus corona em 7 de julho e que estava isolado desde então. Ironicamente, Bolsonaro foi provavelmente o oponente mais determinado das medidas de isolamento para a população brasileira e frequentemente se referia ao vírus como “apenas um pouco de gripe”.


Bolsonaro usou seu diagnóstico para reforçar seus tópicos de discussão e elogiou repetidamente os potenciais benefícios da hidroxicloroquina no tratamento do coronavírus. Ele alega que a droga o ajudou a derrotar a doença.

Bolsonaro afirma que foi curado do Covid-19
Bolsonaro afirma que foi curado do Covid-19

No fim de semana passado, ele encontrou apoiadores fora de sua residência oficial, que levantaram uma caixa de remédios como um troféu – enquanto a multidão cantava: “Cloroquina, cloroquina”. Alguns dias depois, ele foi passear no jardim do palácio, onde os fotógrafos o seguraram e mostraram uma garrafa da droga a uma ema (um pássaro parecido com a emu).

Enquanto o presidente promove curas não comprovadas, o Brasil superou 85.000 mortes pelo novo vírus corona e 2,35 milhões de infecções.


Apoie este relatório →Apoie este relatório →