Atividade econômica brasileira está crescendo, mas segue abaixo das expectativas

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), uma medida frequentemente vista como um indicador do PIB oficial brasileiro, subiu 2,15% em julho. É o terceiro mês consecutivo com resultados positivos, mas o índice ficou aquém dos + 3,4 por cento esperados pelos economistas.

O IBC-Br está atualmente 4,89% abaixo do nível de julho de 2019 – um declínio menor do que o declínio que os economistas esperam para o PIB anual de 5,25%.

O banco central também verificou o desempenho em junho para um aumento de 5,31 por cento em relação aos 4,89 por cento originalmente relatados.

Expectativas de mercado para a atividade econômica no Brasil

O relatório de foco do banco central, uma pesquisa semanal das principais firmas de investimento, apontou uma melhora nas expectativas para a economia brasileira. A previsão mediana para a taxa de crescimento anual do PIB é de -5,11% após -5,31% na semana passada. No entanto, as previsões de inflação subiram de 1,78 por cento há uma semana para 1,94 por cento – após uma recente alta nos preços dos alimentos.

Atividade econômica brasileira está crescendo, mas segue abaixo das expectativasAtividade econômica brasileira está crescendo, mas segue abaixo das expectativas
Apoie este relatório →Apoie este relatório →