As taxas de distância estão caindo pela primeira vez desde o início da pandemia

Segundo um relatório do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o teletrabalho diminuiu significativamente pela primeira vez desde o início da pandemia. Na segunda semana de julho, 653.000 brasileiros retornaram aos seus empregos anteriores

No início de julho, 8,9 milhões de brasileiros disseram trabalhar em casa, que agora é de 8,2 milhões. O declínio do trabalho remoto está relacionado ao relaxamento das medidas de isolamento social nos estados brasileiros, já que os governadores e prefeitos estão tentando devolver lentamente a economia ao nível pré-pandêmico.

O número de trabalhadores afastados durante a pandemia também caiu significativamente de 20 milhões no início de maio, quando começaram as medidas de isolamento, para 10,1 milhões em meados de julho.

Apesar da lenta transição das rotinas de trabalho remoto, é provável que o trabalho em casa continue a ser um grampo da economia brasileira no futuro próximo. Conforme coberto anteriormente por O relatório brasileiro70% dos executivos brasileiros acreditam que a produtividade melhorou porque seus funcionários estão presos em casa e provavelmente continuará a funcionar remotamente após a pandemia.

As taxas de distância estão caindo pela primeira vez desde o início da pandemia
As taxas de distância estão caindo pela primeira vez desde o início da pandemia
Apoie este relatório →Apoie este relatório →