As mídias sociais estão finalmente superando as notícias da televisão no Brasil

Estamos lidando com a transformação do consumo de notícias no Brasil – a mídia social está aumentando, a impressão está diminuindo. O início do WhatsApp Pay. E a Suprema Corte está combatendo ativistas de direita.

As mídias sociais recebem mais atenção do que a televisão

O Reuters Digital News Report foi divulgado hoje

que a mídia social ultrapassou a televisão pela primeira vez em termos de consumo de mídia. Isso pode acontecer porque 84% dos brasileiros, mais do que qualquer outra nacionalidade, têm profundas preocupações com o que é real e o que há de errado quando se trata de notícias.

  • O relatório considera apenas as pessoas que consumiram as notícias no mês passado. No caso do Brasil, isso significa que os dados são provenientes de usuários mais ricos e com maior número de redes, e não de uma amostra nacionalmente representativa.

Por que isso é importante? O uso das mídias sociais democratizou as informações no Brasil. Também foi criado um ambiente que favorece a disseminação escalável da desinformação.

Política. Os políticos locais foram descritos como os principais atores de desinformação entre os 40 países examinados. O Brasil, juntamente com os Estados Unidos, Filipinas e África do Sul, teve a maior taxa de pessoas que concordaram com essa afirmação.

  • Nas eleições de 2018, todas as principais campanhas tinham um exército de bots de mídia social e contas falsas do WhatsApp usadas para difamar os adversários. Isso inclui a campanha do presidente Jair Bolsonaro, que está sendo investigada em um caso que poderia afastar ele e seu vice-presidente.

Perigo à frente. Os leitores de notícias impressas no Brasil caíram pela metade desde 2013 – e a crise do Covid 19 provavelmente atingirá o setor com força. As redações do país tiveram que demitir trabalhadores e cortar salários para lidar com a crise. Mas permanece cenário sombrio para uma indústria de mídia brasileira que ainda está lutando para aceitar plataformas online como um meio-chave.


WhatsApp entra no negócio de pagamentos

Após meses de antecipação, o aplicativo de mensagens WhatsApp finalmente iniciou sua função de pagamento – e o Brasil será o primeiro campo de teste. Segundo Mark Zuckerberg, CEO do Facebook (empresa controladora do WhatsApp), a nova tecnologia tornará o envio e o recebimento de dinheiro tão fáceis quanto o compartilhamento de fotos.

  • No entanto, essa afirmação pode ser um exagero. O dinheiro está disponível apenas para os destinatários após um dia útil (para débito direto – dois dias para crédito).

Por que isso é importante? O mercado de pagamentos no Brasil já é um Mercado de garganta cortada como é. Agora, o aplicativo mais baixado do Brasil (130 milhões de usuários mensais) entrou em jogo.

Sim mas … O uso do WhatsApp Pay não será tão amplo quanto você pode imaginar – pelo menos não a princípio. A carteira digital está disponível apenas para clientes do Nubank, Banco do Brasil e Sicredi – e aceita apenas Visa e Mastercard. Os provedores também devem ser membros do WhatsApp for Business.

WeChat ocidental? O Facebook e o WhatsApp foram acusados ​​de facilitar a disseminação de notícias falsas e minar as democracias. Isso levanta a questão de se os usuários aderem maciçamente às suas informações financeiras e as repassam à empresa. Atualmente, não está claro se o novo gateway de pagamento seráótimo aplicativo”- Pelo menos não da mesma maneira que o WeChat fez na China.


A garota com a tatuagem nazista

Após uma série de manifestações contra instituições democráticas, a ativista de extrema-direita Sara Winter, née Sara Giromini, foi presa na segunda-feira junto com outras cinco pessoas. Winter é a líder do grupo “Brasil 300”, que afirma “formar um exército que erradicará a esquerda e a corrupção”. O procurador-geral Augusto Aras diz que ela e seus acólitos estão “coletando dinheiro” por atos ilegais, como ameaçar a vida de líderes do governo do país.

  • No sábado, o grupo fogos de artifício no prédio da Suprema Corte como uma “mensagem” para os onze juízes.

Detecção. As prisões foram feitas como parte da investigação de notícias falsas da Suprema Corte, que começou como uma investigação sobre ameaças a juízes online. Em um vídeo divulgado nas redes sociais em maio, Winter disse: “Sabemos onde [Justice] Alexandre de Moraes vive. Acamparemos em frente à casa dele. “

Por que isso é importante? O 300 do Brasil é um grupo de defesa de Bolsonaro e tem sido visto pelas autoridades como uma milícia armada que é ilegal no Brasil. O presidente negou qualquer conexão com ele – mas não condenou suas ações.

Quem é Sara Winter? Sara Winter tem 27 anos e se define como uma feminista católica de direita. Há quase dez anos, ela fundou o capítulo brasileiro do grupo feminista ucraniano de ativismo Femen – mas deixou o grupo depois de ser acusado de simpatia pelo nacional-socialismo.

  • Embora ela negue ser nao-nazista, ela admitiu estar em contato com esses grupos on-line e até simpatizou com algumas de suas idéias. Ela até tatuou uma cruz de ferro no peito – que mais tarde cobriu com um padrão floral.

O que você precisa saber hoje?

  • Governo. Segundo o ministro das Finanças, Mansueto Almeida anunciou sua partidaO ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou que o economista Bruno Funchal, que trabalha no ministério, será seu sucessor. A transição ocorrerá em 31 de julho.
  • Aviação. A fabricante brasileira de aeronaves Embraer recebeu um empréstimo de US $ 600 milhões em capital de giro. O acordo, tão necessário, ajudará a empresa a sobreviver à crise do coronavírus, especialmente após a crise A fusão com a Boeing falhou. Metade do empréstimo é concedido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Nacional e a outra metade por um conjunto de bancos públicos e privados.
  • Processos de impeachment. O processo de impeachment contra o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, começa hoje. O governador é acusado de desviar fundos que deveriam ter sido utilizados na luta contra o Covid 19 e deve apresentar sua defesa em até dez sessões do Congresso Estadual.
  • Cloroquina. A Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos revogou sua aprovação para Uso de cloroquina em 19 pacientes CovidÉ improvável que o medicamento antimalárico seja eficaz contra o coronavírus. No mesmo dia, o Ministério da Saúde do Brasil emitiu uma recomendação para o uso do medicamento em crianças e mulheres grávidas com o Covid-19, dizendo que o governo estava “seguro e segurado” onde estava.
  • Gig economia. Dadas as explosivas vendas de suprimentos em meio à pandemia, os funcionários do aplicativo estão planejando um protesto em 1º de julho para exigir melhores condições de trabalho. Eles querem melhores salários, seguro contra roubo ou acidentes e equipamentos de proteção para se protegerem contra infecções por coronavírus. Trabalhar para empresas de entrega, courier e aplicativos de transporte é uma das tarefas Recentemente, o principal fator positivo da criação de empregos – O mercado é estimado em 4 milhões de pessoas.
  • Polícia. Após protestos mundiais contra a brutalidade policial e o racismo sistêmico desencadeados pelo assassinato de George Floyd nos Estados Unidos, o Departamento de Polícia de São Paulo causou 116 mortes em abril, o maior número de assassinatos mensais já registrados. Na segunda-feira, 14 policiais foram liberados e investigados depois que imagens de brutalidade contra homens desarmados e complacentes apareceram nas mídias sociais. Governador João Doria, que prometeu sua polícia em 2018 “,atirar para matar“Chamou os eventos de” ultrajantes “.

Leia a história toda

Comece seu teste gratuito de 7 dias

cadastro

Inscrever-se para

O post de mídia social finalmente supera as notícias da televisão no Brasil e apareceu pela primeira vez no relatório brasileiro.