A Única Loja de Álbuns do Congo

Matéria do site ChartMasters, traduzida e resumida por Ricardo Schmidt

===

Um dos donos do site fez uma matéria nesse tempo ele está vivendo na Republica Democrática do Congo. Ele é originário da França, onde estudou sobre a indústria musical por vários anos, e seu tempo na África trouxe várias reflexões.

A Única Loja de Álbuns do CongoA Única Loja de Álbuns do Congo

Diferente dos países desenvolvidos, ou minimamente estruturados, onde é possível comprar CD’s, baixar músicas no iTunes ou ter Spotify, na África a realidade é totalmente diferente. Um dos poucos países que entra na exceção é a África do Sul, onde quase todos os álbuns são vendidos, porém os consumidores são princialmente os descendentes de europeus que moram no país.

Há dois países chamados “Congo”, um é o Congo em si, com 5 milhões de habitantes, ex-colônia da França, e a República Democrática do Congo (RDC), ao lado, com 80 milhões de habitantes, ex-colônia belga. O francês é a língua oficial dos dois países, os quais as capitais também são cidades vizinhas, separadas por um grande rio.

Onde ele está, na RDC, não há estadas asfaltadas, transporte público, iluminação pública, serviço postal, trens, caminhões, falta energia boa parte do dia, internet é extremamente precária e cara, onde se evita até mesmo a polícia pois eles podem te assaltar. Estamos falando aqui da capital do país, com mais de 10 milhões de habitantes, imagina o interior. Apesar de ter mais gente que o Reino Unido ou França, o país não tem sequer uma loja que venda CD’s, não se pode ter Spotify e nem mesmo encomendar discos internacionais já que ter um endereço em sua casa é coisa raríssima.

No entanto, o país ao lado, o Congo, é mais estruturado, porém ainda assim possui apenas uma loja que vende CD’s. Mesmo assim, ela é altamente focada para imigrantes, principalmente os franceses e seus descendentes, pelo legado colonial.

Há uma categoria para os cantores africanos, e outras para artistas internacionais, incluindo clássicos e álbuns modernos.

Matéria no site ChartMasters: http://chartmasters.org/2018/04/spotlight-a-trip-into-congos-lone-music-retailer/