A pandemia trouxe milhões para o sistema bancário brasileiro

Hoje estamos falando sobre o grande projeto de inclusão financeira do Brasil. O que a recente onda de calor diz sobre as mudanças ambientais. E o que você deve saber sobre as eleições de 2020.

Covid-19 acelerou o grande projeto de inclusão financeira no Brasil

A sede brasileira autorizou os brasileiros a assinarem o PIX, um sistema de pagamento instantâneo programado para lançamento em 16 de novembro. Mais de 10,1 milhões de “chaves” individuais (IDs no sistema) foram criadas em dois dias.

Por que isso importa. O PIX faz parte dos esforços do banco central para digitalizar a economia brasileira – processo ainda pior com a pandemia. Em março, quando o salário de emergência do coronavírus foi aprovado no Congresso, o governo enfrentou um grande desafio: tinha que dar assistência a trabalhadores informais em massa e desempregados, e mais de 45 milhões de brasileiros não tinham conta em banco.

  • O banco estatal Caixa criou 97 milhões de contas de poupança digital. Segundo Pedro Guimarães, CEO da Caixa, entre um terço e 40 por cento de todos os beneficiários do programa de ajuda não tinham anteriormente acesso a serviços bancários.

Projeções. O sistema brasileiro de pagamentos instantâneos deve atingir 20 milhões de usuários em seu primeiro ano e pode abrir caminho para um dos maiores processos de inclusão financeira que o mundo já viu.

  • Segundo João Manoel Pinho de Mello, diretor do sistema financeiro do banco central, a ideia é expandir o PIX para outros países em 2022 ou 2023.

Cabeça. “Há dez anos, o mercado de pagamentos no Brasil era extremamente concentrado, com aumento de tarifas, pouca concorrência e, portanto, preços altíssimos, o que até levou a alguns instrumentos financeiros como o cartão de crédito não sendo suficientemente utilizados”, afirma Paulo Furquim de Azevedo, coordenador do centro de Regulação e Democracia pelo Insper Business School de São Paulo.

  • O sistema PIX chega no momento em que o Brasil se prepara para implementar o “Open Banking”, conceito baseado no uso de APIs (Open Application Programming Interfaces) que contêm informações bancárias do cliente que podem ser utilizadas por desenvolvedores terceiros. para criar plataformas de gestão de finanças ou execução de serviços específicos.
  • Para garantir que o PIX prevaleça, o banco central forçou as instituições financeiras com mais de 500.000 clientes a adotá-lo como um modo adicional de transação. Essa regra se aplica a todos os grandes bancos, responsáveis ​​por 90% das transações no Brasil.

Desafios. A economia brasileira ainda é muito informal – e muitas transações ainda são feitas à vista e fora do sistema financeiro. Para reter esses novos usuários, os bancos precisam desenvolver soluções que sejam feitas sob medida para suas necessidades.


Onda de calor recente no Brasil pode ser fatal

O Instituto Nacional de Meteorologia alertou o país para a hipertermia em partes das regiões Centro-Oeste e Sudeste do Brasil, bem como em uma pequena parte do Norte.

Incomum. De 1998 a 2017, mais de 166.000 pessoas morreram de ondas de calor em todo o mundo – mas esse tipo de morte é absoluto Não comum no Brasil. Conforme demonstramos no gráfico a seguir, a temperatura média de alta nas capitais brasileiras passou de 29,5ÖC a 31,4ÖC entre 1962 e 2019.

Por que isso importa. O alerta é mais uma evidência do impacto das mudanças climáticas no Brasil. Mudanças nas chuvas afetaram as safras e o número de eventos climáticos extremos disparou nos últimos anos.

  • Somente na região sudeste, mais de 1.300 chuvas extremas foram registradas desde 2015.

Incêndios florestais. O desmatamento desempenha um papel central nisso. Um estudo publicado esta semana na revista Nature Communications mostra que até 40% da Amazônia está se aproximando do ponto crítico da transição da floresta tropical para a savana.


Instantâneo das eleições de 2020

As eleições locais de 2020 no Brasil ocorrerão em 39 dias. Aqui estão os principais tópicos que você deve saber:

Mídia social. Embora a pandemia tenha interrompido os métodos tradicionais de campanha, alguns aspectos da corrida de 2020 fazem com que pareça 2018. Apesar da denúncia e proibição, a estratégia de serviços de mensagens massivas continua a correr solta. O jornal Folha de S.Paulo encontrou pelo menos cinco empresas vendendo bancos de dados de números de telefone para partidos políticos por apenas R $ 1.800 (US $ 321) para 20.000 números.

  • O WhatsApp acusou uma agência de marketing online, que está sendo investigada por disseminar informações falsas a milhões de eleitores em 2018, de operar o mesmo sistema por meio de uma empresa fictícia.
  • Esses serviços representam uma fase mais desenvolvida dos anúncios micro-orientados do Facebook. Eles classificam os números das pessoas por distrito e permitem que as mensagens sejam repassadas a grupos específicos de eleitores sem serem encontradas.
  • Os gigantes da tecnologia acreditam firmemente que não podem decidir que conteúdo bloquear ou excluir e, em vez disso, entregam essa responsabilidade à Suprema Corte.

Falta de concorrência. Em 117 comunidades, em sua maioria pequenas, as disputas para prefeito têm apenas um candidato. De acordo com as regras eleitorais brasileiras, um voto é suficiente para votá-los porque, independentemente disso, eles têm 100% dos votos válidos. Em outras 2.000 cidades – quase 40% do país – as disputas são decididas entre apenas dois políticos.

  • Em contrapartida, um total de 14 candidatos estarão representados na disputa pela prefeitura da cidade de São Paulo.

Totalizando. Quase 1.000 candidatos que não receberam um único voto em 2016 (nem mesmo o seu) concorrerão novamente em 2020. Esta é uma importante bandeira vermelha para candidatos falsos, já que os partidos simplesmente selecionam candidatas não competitivas – muitas vezes sem seu conhecimento – e preenchem cotas específicas de gênero estabelecidas legalmente.

Copyright ©. A deputada Joice Hasselmann (que é candidata à prefeitura de São Paulo), conhecida como “Miss Piggy” pela família Bolsonaro, decidiu reclamar do insulto e passou a usar a figura em seus anúncios eleitorais. Mas a Disney afirmou que não a autorizou a usar a foto de Miss Piggy – e pode processar.


O que mais você precisa saber hoje?

  • Desinformação. Em um comunicado à Polícia Federal, o deputado Alexandre Frota teria apresentado vários endereços IP ligando o deputado Eduardo Bolsonaro – o terceiro filho mais velho do presidente – a redes ilegais que espalham desinformação para fins políticos. O Sr. Frota disse que a informação foi obtida do que é conhecido como Comitê de Audiências de Notícias Falsas, um órgão parlamentar de investigação que foi recentemente paralisado.
  • Probe. O ministro da Economia, Paulo Guedes, comemorou uma importante vitória legal quando um tribunal de apelações concluiu uma investigação sobre seu suposto envolvimento em um esquema de fraude de fundo de pensão. O Sr. Guedes era acionista de uma sociedade gestora de recursos e foi acusado de não cumprimento de suas obrigações fiduciárias para com os investidores. Seus defensores afirmam que todas as suas ações “obedeceram às regras do mercado e aos mais elevados padrões éticos”.
  • Ajuda de emergência. Novo estudo da Fundação Getulio Vargas mostra que 38 milhões de brasileiros ficarão sem ajuda quando terminar o salário de emergência do coronavírus, em dezembro. Esses indivíduos não são elegíveis para fundos do programa existente de transferência de dinheiro do Bolsa Família e têm uma renda mensal de até US $ 224. Para evitar uma crise social em 2021, o governo rejeitou a ideia de estender a ajuda emergencial até março e ainda não sugeriu quanto poderia render. O benefício começou com uma bolsa mensal de R $ 600 e agora foi reduzido para R $ 300.
  • Poupança. Pelo sétimo mês consecutivo, os brasileiros economizaram mais dinheiro do que gastaram. A tendência é explicada pelas incertezas econômicas causadas pela pandemia, que estão incentivando as pessoas a reter fundos para emergências. Entre setembro de 2019 e setembro de 2020, o valor economizado aumentou R $ 163,7 bilhões – mais de 2% do PIB do país.
  • CURRÍCULO. O jornal O Estado de S.Paulo publicou matéria suspeitando do currículo do juiz federal Kássio Nunes, escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para ocupar cargo no STF. O Sr. Nunes afirmou que um curso de quatro dias que ele fez em La Coruña, Espanha, era um diploma de especialização, e ele mencionou dois projetos de pesquisa de pós-doutorado – embora tenha feito seu doutorado. apenas duas semanas atrás. Nos últimos anos, vários funcionários de alto perfil foram apanhados em seus currículos enquanto faziam doutorado e mestrado inexistentes.

A pós-pandemia despejou milhões no sistema bancário brasileiro e apareceu pela primeira vez no relatório brasileiro.