A crise do coronavírus está atingindo a América Latina mais do que em qualquer outro lugar

A Organização Mundial do Comércio prevê que a América Latina será a região mais atingida no mundo pela crise do coronavírus. Um declínio do PIB de 7,5 por cento é esperado para a região em 2020 – enquanto a média global é de 4,8 por cento.

Além disso, em 2021, a recuperação na América Latina será mais lenta do que em outros lugares. Embora se espere que a economia global cresça 4,9%, a região deve registrar taxas de crescimento de apenas 3,8%.

Além disso, uma segunda onda de Covid-19 na região poderia interromper a recuperação geral em 2021.

Apoie este relatório →
Apoie este relatório →

A crise do coronavírus está atingindo a América Latina mais do que em qualquer outro lugar
A crise do coronavírus está atingindo a América Latina mais do que em qualquer outro lugar