30 x 1 | Um grande ato de covardia

Geralmente o conteúdo encontrado aqui no Recreio são sobre TV, curiosidades gerais, livros, séries, música, e reflexão. Hoje vamos tratar de algo, que tem sido comentado durante toda essa semana no nosso país.

O caso aconteceu no último fim de semana. A adolescente, que é usuária de drogas, segundo a família, foi dopada e estuprada por 30 homens. Não bastasse a violência, as imagens foram parar nas redes sociais, gerando uma revolta nacional. De acordo com o jornal Extra, após o crime, os agressores ainda filmaram a vítima nua e desacordada e publicaram as imagens em redes sociais. “Essa aqui, mais de 30 engravidou. Entendeu ou não entendeu?”, diz um dos homens na filmagem.

O caso chegou às mãos da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), que recebeu uma série de denúncias anônimas (mais de 800 foram enviadas ao Ministério Público do Rio), munidas em parte do material virtual que comprova a barbárie.

30 x 1 | Um grande ato de covardia
30 x 1 | Um grande ato de covardia

A polícia já identificou dois dos criminosos, que terão as prisões preventivas pedidas. A vítima passou a madrugada no Instituto Médico-Legal e já foi ouvida na Delegacia, que investiga o caso.

No Twitter, Monica Iozzi desabafou: “Hoje não há espaço para a alegria. O corpo de uma menina foi violentado, sua alma foi dilacerada por 30 homens.” Caio Blat repercutiu o desabafo de Iozzi e comentou: “Covardes nojentos. Cadeia para todos.” Claudia Ohana, Carolina Dieckmann, Giselle Batista, Sophia Abrahão e Marília Gabriela foram outras famosas que usaram também as redes sociais para protestar o caso.

Além desse caso bárbaro através de uma pesquisa foi descoberto, que uma mulher é estuprada no Brasil a cada 11 minutos, segundo estatística recolhida pela FBSP. Como apenas de 30% a 35% dos casos são registrados, é possível que a relação seja “de um estupro a cada minuto”, de acordo com Samira. Ao todo, no Brasil 47,6 mil mulheres foram estupradas em 2014, última estatística divulgada. No Estado do Rio, foram 5,7 mil casos.

Muitos têm feito campanhas para que esses dados tenha outro resultado. Mas os que todos perguntam e procura obter uma resposta é:

O porquê esse grande número de estupro?