Dia Internacional dos Museus: conheça os mais famosos e visitados do mundo.

O Dia Internacional dos Museus é comemorado anualmente em 18 de maio. O objetivo desta data é incentivar a população ao hábito de visitar e apreciar os museus, seja de arte moderna, clássica, contemporânea e etc.

 

O Dia Internacional dos Museus foi criado em 1977, através da iniciativa do ICOM – Conselho Internacional de Museus, um organismo que integra a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A cada ano a ICOM escolhe um tema específico para debater durante o Dia Internacional dos Museus. Em 2016, o tema será “Museus e Paisagens Culturais”.

Além de palestras e workshops, nesta data muitos museus têm entrada gratuita para acesso as suas principais exposições.

Assim, no Dia Internacional dos Museus a atividade mais comum é fazer um tour pelos principais museus da região onde a pessoa mora.

Museus são mundos paralelos, voltados para o lazer e para o aprendizado, são espaços culturais onde são apresentadas exposições de obras artísticas sobre os mais variados temas e estilos. Entrar em um museu é como passear pela história, pela cultura e pelas artes de um país ou de uma região.

Os museus tiveram sua origem junto com a humanidade, no hábito de colecionar coisas, e hoje é possível encontrar museus que tratam dos mais diversos temas, como: artes, história de países, literatura, história natural, aviação, tecnologia, relíquias, entre outros.

Para quem aprecia esse universo, abaixo uma lista dos dez museus mais famosos do mundo realizado por Submarino Viagens e postado no Catraca Livre.

Louvre – França

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Museu Louvre – Considerado o mais famoso do mundo

O Louvre é, sem dúvida, o mais famoso de todos os museus do mundo. Ele fica localizado em Paris, na França e já teve destaque em diversos filmes do cinema, como por exemplo, “O Código Da Vinci”. Ele possui um acervo incrível, que inclui diversas obras famosas dos artistas mais renomados de toda a história, como a pintura de Mona Lisa e a estátua da Vênus de Milo. Também estão expostos artefatos do Egito antigo e diversas obras da civilização greco-romana.

Antes de se tornar um museu, o Louvre era uma fortaleza, construída no século 12, para proteger Paris; posteriormente foi utilizado como palácio para a realeza. Foi inaugurado como museu em 1793, mas ganhou a famosa pirâmide de vidro somente em 1989, que contrasta o clássico com o moderno. O Louvre recebe mais de dez milhões de visitantes por ano.

Metropolitan Museum of Art – Estados Unidos

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Abriga a maior coleção de arte egípcia fora do Cairo

O Metropolitan Museum of Art (Museu Metropolitano de Arte), chamado de Met pelos mais íntimos, está localizado na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Foi fundado em 1872, abriga a maior coleção de arte egípcia fora do Cairo, uma das melhores coleções de arte islâmica do mundo, além de uma importante coleção de pintura europeia dos séculos XII a XX e antiguidades da Grécia, Roma e do Oriente.

O Met possui mais de 2 milhões de obras de arte permanentes, que abrangem cinco mil anos de história e realiza exibições temporárias especiais. O museu recebe mais de seis milhões de visitantes por ano.

National Gallery – Londres

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Apresenta obras de Leonardo da Vinci, Caravaggio, Monet, Renoir, Picasso, Van Gogh e muitos outros

A National Gallery (Galeria Nacional) está localizada no centro de Londres, na Inglaterra. Foi fundada em 1824 e é um dos museus mais famosos da Europa. A Galeria expõe uma coleção de mais de duas mil pinturas de origem no século XIII, até o início do século XX. Apresenta  artistas renomados, como Leonardo da Vinci, Caravaggio, Rembrandt, Monet, Renoir, Picasso, Van Gogh, sendo algumas delas raras e emblemáticas na história da arte. O museu é público e as visitas ao acervo permanente são gratuitas.

American Museum of Natural History – Estados Unidos

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Conhecido pela grande coleção de fósseis e por seu Tiranossauro Rex de 15 metros

O American Museum of Natural History (Museu Americano de História Natural) foi fundado em 1869 e está localizado em Nova Iorque, nos Estados Unidos. Assim como o Louvre, foi retratado em filmes como, por exemplo em “Uma Noite no Museu”.

O Museu é mundialmente conhecido pela grande coleção de fósseis e por seu Tiranossauro Rex de 15 metros, que dá as boas-vindas logo na entrada. São mais de 30 milhões de fósseis, coleções de esqueletos de dinossauros, múmias e artefatos históricos distribuídos por 42 áreas de exibição.

Musei Vaticani – Itália

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Possui extensas e valiosas peças de arte e antiguidades

O Musei Vaticani (Museu do Vaticano) está localizado em Roma, na Itália e foi fundado no século 16, quando o Papa Júlio II começou sua coleção de esculturas.

O Museu possui extensas e valiosas peças de arte e antiguidades, colecionadas ao longo dos séculos pelos pontífices romanos. São diversas galerias sobre arte egípcia, etrusca, tapeçarias, arte contemporânea, obras do Renascimento, além de pequenos museus históricos. Mas o maior destaque vai para a Capela Sistina, com seu famoso teto pintado por Michelangelo, entre 1508 e 1512.

Museo Nacional Del Prado – Espanha

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Possui um acervo com mais de 17 mil obras

Inaugurado em 1819, em Madrid, na Espanha, o Museo Nacional Del Prado (Museu do Prado) é o mais importante do país e possui um acervo com mais de 17 mil obras. Os destaques vão para artistas como Velázquez e Goya.

O museu abriga importantes pinturas e esculturas e além da coleção dos pintores espanhóis, também possui obras de artistas franceses, flamencos, alemães e italianos. O mais legal é que, para quem não tem a oportunidade de ir até o local conhecer, o museu oferece uma visita virtual, para conhecer cerca de duas mil obras.

National Palace Museum – Taiwan

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Apresenta a maior coleção de arte chinesa do mundo

O National Palace Museum (Museu do Palácio Nacional) está localizado em Taipei, em Taiwan. Foi inaugurado em 1925 com o objetivo de expor os objetos do primeiro imperador da China. Hoje o museu expõe tecidos, esculturas de bronze e peças religiosas, sendo que parte deles eram dos palácios chineses. É a maior coleção de arte chinesa do mundo, com cerca de 600 mil peças e mais de oito mil anos de história agrupados desde o Neolítico até a Dinastia Qing.

British Museum – Londres

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Tem em seu acervo peças preciosíssimas, que fazem parte da história mundial

O British Museum (Museu Britânico) foi fundado em 1753 e está localizado em Londres, na Inglaterra. Esse importante museu europeu tem em seu acervo peças preciosíssimas, que fazem parte da história mundial, como sarcófagos e objetos egípcios, manuscritos medievais, armaduras, máscaras astecas, joias persas, moedas helenísticas, dentre outras.

Dois dos principais destaques do museu são a famosa Pedra de Roseta, um fragmento de uma pedra de granodiorito do Egito Antigo, que auxiliou na compreensão dos hieróglifos egípcios, e os frisos do Partenon de Atenas, conhecidos como Mármores de Elgin. A visita ao acervo é gratuita.

National Museum of Natural History – Estados Unidos

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

A parte mais impressionante desse museu são os fósseis de dinossauro e a exposição sobre a evolução da Terra

O National Museum of Natural History (Museu Nacional de História Natural) está localizado em Washington, D.C., nos Estados Unidos.

Com um estilo neoclássico, foi fundado em 1910 e abriga mais de 125 milhões de espécies de animais, plantas, objetos culturais humanos, minerais, fósseis, rochas e meteoritos. O museu expõe mamíferos dessecados de todo o mundo, sendo que alguns deles foram colecionados por um dos ex-presidentes dos EUA, Theodore Roosevelt.

A parte mais impressionante desse museu são os fósseis de dinossauro e a exposição sobre a evolução da Terra, que nos leva até o período Pré-cambriano. A área de geologia também é bem intrigante, pois é onde está exposto o Diamante Hope, que possui uma história de longa data e reza a lenda ser amaldiçoado.

Hermitage – Rússia

Submarino Viagens

Créditos: Submarino Viagens

Um dos maiores museus de arte do mundo

O Hermitage (Museu Nacional do Hermitage) foi inaugurado em 1764, e está localizado às margens do rio Neva, em São Petersburgo, na Rússia. É um dos maiores museus de arte do mundo.

Sua coleção de mais de três milhões de peças, conta com itens de praticamente todas as épocas e estilos. O destaque vai para a cultura russa, europeia, oriental e do norte africano. O Hermitage é formado por dez prédios, sendo que o principal deles é o Palácio de Inverno, anteriormente residência dos Czaresquase, até a queda da monarquia russa.

 

Artigo retirado de Catraca Livre e Calendarr