História e curiosidades sobre a música “Hey Jude”, de Paul McCartney.

 

“Hey Jude” foi a música de maior sucesso dos Beatles. Chegou ao topo das paradas no mundo todo e, antes do fim de 1968, mais de 5 milhões de cópias tinham sido vendidas. Foi escrita por Paul McCartney, para Julian Lennon, filho de John Lennon e Cynthia, na época do divórcio do casal.

Julian Lennon, tinha apenas 5 anos de idade na época, quando um dia, sua mãe Cynthia,  ao chegar de viagem, encontrou John e Yoko juntos na casa onde eles viviam com seu pai, John Lennon.

 

Paul McCartney e o pequeno Julian Lennon, eram bem próximos na época, e quando soube da separação e todos os conflitos envolvidos, foi um dos poucos a dar apoio Cynthia e ao menino.

A composição da música teve inicio dentro de um carro enquanto Paul McCartney dirigia  de sua casa em St. John’s Wood até Weybridge levando uma única rosa vermelha, e nesse dia, preocupado com o futuro de Julian, ele começou a cantarolar “Hey Julian” e improvisar uma letra que trouxesse conforto, apoio e esperança a criança em meio a uma situação tão dolorosa.

 

Segundo Paul no “The Beatles Anthology”“Eu achei que como amigo da família eu poderia ir a casa deles dizer que tudo ficaria bem, tentar animá-los e ver como estavam. Eu dirigi cerca de uma hora. Eu costumava desligar o rádio nessas viagens e cantarolar, vendo se conseguia compor canções. Então comecei a cantar – ‘Hey Jules – don’t make it bad, take a sad song, and make it better…’ – como uma mensagem de esperança para Julian. Tipo, ‘qual é cara, seus pais estão se divorciando, sei que não esta feliz, mas você ficará bem.’ Depois eu mudei o nome de Jules para Jude, que era um personagem em Oklahoma! e eu gostei do nome.”

 

Posteriormente, Cynthia relembra: “Eu fiquei realmente surpresa quando, numa tarde, Paul chegou por iniciativa própria. Eu fiquei comovida pela sua evidente preocupação por nosso bem-estar, e ainda muito mais comovida quando ele me presenteou com uma rosa vermelha acompanhada de uma mensagem bem-humorada ‘que tal isso, Cyn, se nós dois nos casássemos?’ Nós dois rimos ao imaginarmos a reação do mundo a um anúncio desses. No caminho, ele compôs ‘Hey Jude’ no carro. Nunca me esquecerei de seu gesto de carinho e consideração vindo nos ver. Isso me fez sentir importante e amada, em oposição a me sentir descartada e ultrapassada.”  (Fonte:  Wikipédia)

 

Tempos depois, Julian Lennon  e Paul McCartney acabaram perdendo o contato voltando a se encontrarem em 1987. A letra original escrita por Paul foi comprada por Julian Lennon em um leilão, décadas depois. Ele cresceu conhecendo a história por trás de “Hey Jude”, também com problemas psicológicos  e questionamentos sobre o pai, mas o amor é maior. Declara que Paul foi mais presente em sua infância, tem mais fotos e recordações suas, do que o próprio pai.

 

Julian diz: “Eu nunca quis saber realmente a verdade sobre como meu pai era e como ele era comigo”, ele admite. “Mantive minha boca fechada. Muita coisa negativa foi dita sobre mim, como quando ele disse que eu tinha saído de uma garrafa de uísque em um sábado à noite. Coisas assim. É muito difícil lidar com isso. Eu pensava ‘cadê o amor nisso tudo?’. Foi muito prejudicial psicologicamente, e por anos isso me afetou. Eu costumava pensar ‘como ele pôde dizer isso sobre o próprio filho?’”.

Letra e  tradução

Hey Jude

Hey, Jude, don’t make it bad
Take a sad song and make it better
Remember to let her into your heart
Then you can start to make it better

Hey, Jude, don’t be afraid
You were made to go out and get her
The minute you let her under your skin
Then you begin to make it better

And anytime you feel the pain
Hey, Jude, refrain
Don’t carry the world upon your shoulders

For well you know that it’s a fool
Who plays it cool
By making his world a little colder
Na na na na na na na na

Hey, Jude, don’t let me down
You have found her now go and get her
Remember (hey, Jude) to let her into your heart
Then you can start to make it better

So let it out and let it in
Hey, Jude, begin
You’re waiting for someone to perform with
And don’t you know that is just you?
Hey, Jude, you’ll do!
The movement you need is on your shoulder
Na na na na na na na na

Hey, Jude, don’t make it bad
Take a sad song and make it better
Remember to let her under your skin
Then you’ll begin to make it better (better, better, better,better, better, oh!)
Na, na na na na na, na na na, hey, Jude
Na, na na na na na, na na na, hey, Jude

Ei, Jude

Ei, Jude, não fique mal
Pegue uma canção triste e torne-a melhor
Lembre-se de deixá-la entrar em seu coração
Então você pode começar a melhorar as coisas

Ei, Jude, não tenha medo
Você foi feito para ir lá e conquistá-la
O minuto que você deixá-la debaixo da sua pele
Então você pode começar a melhorar as coisas

E qualquer vez que você sentir a dor
Ei, Jude, vá com calma
Não carregue o mundo nos seus ombros

Você bem sabe que é um tolo
Quem dão de ombros
Por deixar este mundo um pouco mais frio
Na na na na na na na na

Ei, Jude, não vá me desapontar
Você a encontrou, agora vá e a conquiste
Lembre-se (ei, Jude) de deixá-la entrar em seu coração
Então você pode começar a melhorar as coisas

Então coloque para fora e deixe entrar
Ei, Jude, comece
Você está esperando por alguém com quem realizar as coisas
E você não sabe que essa pessoa é exatamente você?
Ei, Jude, você vai fazer!
O movimento que você precisa está nos seus ombros
Na na na na na na na na

Ei, Jude, não fique mal
Pegue uma canção triste e torne-a melhor
Lembre-se de deixá-la debaixo de sua pele
Então você começará a melhorar as coisas (melhorar, melhorar, melhorar, melhorar, oh!)
Na, na na na na na, na na na, ei, Jude
Na, na na na na na, na na na, ei, Jude

 

 

 

 

x

x

 

 

Versão de Kiko Zambianchi e Rossini Pinto

 

Em 1989,  Kiko Zambianchi, gravou uma versão de “Hey Jude”, dos Beatles, especialmente para a novela Top Model. A versão, feita por Rossini Pinto, alcançou o topo das paradas de sucesso de todo o país e foi incluída no disco posteriormente. Kiko simplesmente alcançou o primeiro lugar nas paradas de todo o país, e tornou-se figura carimbada de todos os programas musicais da televisão, incluindo o Globo de Ouro e especiais da TV Manchete. O êxito estrondoso com esse cover não foi bem o que Kiko Zambianchi queria para sua carreira e ele foi pressionado pela gravadora para gravar músicas mais comerciais. Como não aceitou a proposta de virar um artista “romântico”, Kiko pediu rescisão do seu contrato com a EMI. Depois disso, o Brasil se voltou para a música sertaneja. A maioria dos artistas considerados “dos década de 1980 foi praticamente retirada do mercado nacional, com poucas exceções.

 

Hey Jude

Kiko Zambianchi

Lá, lá, lá, lá, lá, lá lá, lá, lá, lá, lá, 
Hey Jude, não fique assim
Sabe a vida ainda é bela
Esqueça de tudo que aconteceu
Amanhã será um novo dia

Hey Jude
Pra que chorar
Por alguém que não te ama
Se o mundo agora te faz sofrer, tudo vai passar
Você vai ver
Muita coisa vai fazer você mudar
Não tem mais razão de ser essa tristeza
Se alguém te faz sofrer, pra que lembrar
Mas vale tentar viver de esperança

Hey Jude, olha pra mim
Veja o dia como esta lindo
Esqueça de tudo que aconteceu, 
amanhã será um novo dia
Muita coisa vai fazer você mudar
Não tem mais razão de ser essa tristeza
E se alguém te faz sofrer pra que lembrar
Mas vale tentar viver de esperança

na na na na na na na

Hey Jude
Pra que chorar
Por alguém que não te ama
Se o mundo agora te faz sofrer, tudo vai passar
Você vai ver, ver ver, ver ver ver ver…..

 

 

 

 

Fonte: Wikipédia, Day News

 

 

  • Douglas

    Hino de música
    Paul >>>>> John

  • Obra prima