Morda-me! | 4º Episódio: Dúvida

 

 

Episódio 4: Dúvida

 

 

 

O sinal toca e eles vão pra sala, assim que se todos estão sentados a aula de História começa, Charlotte olha para Scarlatti, escreve um bilhete e entrega para a amiga que por sua passa para Jason:

Scarlatti: – Ei! – Ela diz sussurrando, ele olha e ela passa lá bilhete.

Jason olha e lê na sua mente.

Jason: – “Preciso falar com você… No intervalo ou na saída?

– Ele escreve intervalo e passa o bilhete para Scarlatti que lê e depois passa para Charlotte.

E a professora estava só observando o passa-passa, ela vai até o quadro é escreve Jason, Scarlatti e Charlotte e diz:
– Queridos a aula é de história e não uma gincana de passa ou repassa!

No intervalo Barry vai até Jason: Barry: – O que foi aquilo…, na aula?
Jason: – Ela quer falar comigo!
Barry: – Charlotte?
Jason: – Sim!
Barry: –  Tá, mas você ainda tá com jornal?
Jason: – Tô, mas ficou na minha mochila!
Barry: – Será que você matou aquelas garotas?
Jason: – Eu não me lembro!
Barry: – Jason mas você apareceu todo melado de sangue,  a noite e as garotas aparecem mortas sem uma goto de sangue… Muita coincidência não?
Jason: – Eu não sei… Eu não consigo lembrar!
Barry: – Então temos outro mistério, ou você matou essas garotas… Ou há um vampiro atacando pessoas.

Nesse momento Charlotte e Scarlatti chegam na mesa deles e sentam-se:

Jason: – Você disse que queria falar comigo…
Charlotte: – Sim,  eu queria te pedir desculpas pelo que aconteceu naquele dia!
Jason: – Não precisava,  você foi a mais prejudicada!
Barry: – Acho que o mais prejudicado foi você!

Quando ele diz isso Scarlatti olha pra ele e diz:
Scarlatti: – Acho que a conversa é entre eles dois!
Barry: – Oi Scarlatti!
Scarlatti: – Olá Barry!
Charlotte: – Porque ele foi o mais prejudicado?
Jason: – Nada… De importante!
Scarlatti: – Nossa essa conversa está tão empolgante!
Barry: – Depois que ele saio da festa… Quase foi morto!
Charlotte: – Pelo que?
Barry: – Uma árvore ia desabando por cima do carro dele!
Scarlatti: – Foi isso mesmo… Barry?
Barry: – Sim!
Charlotte: – Jason!… Eu, Scarlatti e William vamos sair hoje… Se quiser vir!
Jason: – Claro…
Scarlatti: – Ele também pode vir… Se quiser!
Barry: – Você tá me chamando?
Scarlatti: – Não, tô convidando a mesa…
Barry: – Aceito!
Scarlatti: – É hoje as 20:00, todos se encontrem na minha casa e de lá decidiremos um lugar!

Eles ficam conversando, mas só Scarlatti percebe que de longe o diretor os observa.    Depois do colégio,  Jason e Barry vão pra casa, Barry ficar ansioso contando os minutos para chegar a hora marcada:
Gavin: – Filho, quer uma dica, se controla!
Barry: – Eu estou controlado, só um pouco ansioso!
Gavin: – Um pouco…?
Barry: – É hoje!

Já na casa de Charlotte,  ela está na sala conversando com seu pai Mason:
Mason: – Não acredito nessas coisas sobrenaturais…
Charlotte: – Existem espelhos ante reflexo?
Mason: – Nunca ouvi falar!
Charlotte: – Pois ou eu estou louca ou cega!
Mason: – Esta louca! – Ele diz rindo.
Charlotte: – Pai,  um homem passou duas vezes pelo mesmo espelho e não apareceu reflexo,  depois ele olha pra mim e simplesmente sorri!
Mason: – E se for um ilusionista?
Charlotte: – Um ilusionista…?
Tá certo, já que não acredita… Pense que foi ilusão da minha cabeça, que estou louca! – Ela diz e sobe para seu quarto.

Depois que Charlotte sobe Mason vai até o seu quarto,  abre as portas do guarda roupa e abre um fundo falso onde tem um cofre,  ele abre, tira umas pastas e diz:
Mason: – Eles estão de volta…
Michael: – Na verdade… Nunca fomos embora!
Mason: – Como você apareceu aqui?
Michael: – Janela!
Mason: – Vocês estão atacando pessoas! Michael: – Espero que esse “vocês” seja em relação a espécie e não a mim! Mason: – Não se faça de desentendido! Michael: – Tem uma garota que foi recentemente mordida, essa mesma garota mordeu um aluno da escola onde sua filha estuda e essa garota possivelmente sugo cada gota de sangue daquelas duas garotas mortas na noite passada!
Mason: – E você sabe quem é essa garota?
Michael: – Não,  mas se ela foi mordida é porque há outro vampiro por essas bandas! Mason: – Então há três vampiros por aí, o que mordeu a garota e o garoto que essa outra garota mordeu!
Michael: – Sim, e um deles podem atacar alguém…, aí seremos descobertos, por isso preciso da sua ajuda para descobrir que é essa garota!
Mason: – Verei o que poso fazer!
Michael: – Obrigado Mason, ficarei te devendo essa!
Mason: – E quanto ao garoto?
Michael: – Jason…, esse é o nome dele, eu o conheço!
Mason: – Já falou com ele?
Michael: – Não,  mas estou providenciando isso!

Enquanto eles conversavam Charlotte estava pesquisando sobre o que tinha visto na escola e tudo os resultados se ligavam a uma palavra… Vampiro.    As horas se passam e todos chegam na casa de Scarlatti:
William: – E aí…, vamos pra onde?
Scarlatti: – Alguma sugestão?
Charlotte: – Vamos ao Shopping, de lá nós decidimos um lugar melhor!
Scarlatti: Então vamos!

Eles chegam lá e vão andando pelo Shopping procurando algum lugar bom para passarem:
Jason: – Vamos a uma sorveteira?
Scarlatti: – Sorvete?, vamos?
Barry: – Então nos vamos ficar andando pela cidade inteira procurando um lugar e sem dizer nada uns com os outros? Nossa isso tá emocionante! – Ele diz irônico.

Scarlatti: – E você tem uma sugestão melhor?
Charlotte: – Concordo com Barry, vamos pra onde?
William: – Pra uma sorveteira,  mesmo sendo tão… É uma boa ideia!
Barry: – Scarlatti…! Posso falar com você um instante?
Scarlatti: – Não!
Barry: – Preciso te dizer uma coisa!
Scarlatti: – É muito importante ou pode ficar pra depois?
Barry: – Acho que pode ficar pra depois! – ele diz vendo o olhar de William.

Nesse instante Charlotte vê a loja em que viu o homem.
Charlotte: – Só um instante! – Ela corre até a loja e vai até o espelho onde o homem passou,  ela vê que seu reflexo aparece normalmente!
Jason: – Charlotte!… O que foi?
Charlotte: – Eu não entendo!…
Jason: – Como assim?
Scarlatti: – Charlotte! O que foi?
Charlotte: – Scarlatti… Estou paranóica, só pode!
William: – Isso esclareceu muito a nossa dúvida!
Charlotte: – Vamos?! No caminho eu conto!

Eles vão para a sorveteria e Charlotte conta sobre o homem que viu, para surpresa de Charlotte todos acreditam.   Eles ficam conversando até que a sorveteria fecha e vão para suas casas,  mas antes de Charlotte ir ela é Jason se beijam. Barry vai pra casa mas antes de se deitar ele dá uma lida em outro livro sobre vampirismo e assim que se deita ele tem a impressão de ter visto alguém na janela o observando,  ele vai até lá e não nada,  depois se deita. Já Jason assim que chega vai direto pro quarto e uma visita inesperada o aguardava:

Jason: – Diretor? O que o senhor está fazendo aqui?
Michael: – Precisamos conversar!
Jason: – Sobre o que?
Michael: – Sobre vampiros,  mais especificamente… Sobre você! – Ele diz e mostra seus olhos vermelhos.

 

 


Web-série escrita pelo leitor/comentarista: Pedro Augusto