Donald Trump toma posse como presidente dos Estados Unidos

(Foto: Divulgação)

Como acontece tradicionalmente, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tomou posse na tarde desta sexta-feira, 20 de janeiro. Em uma cerimônia que já acontece há mais de dois séculos a cada quatro anos, Trump e seu vice, Mike Pence, juraram proteger e guardar a Constituição do país.

Antes da cerimônia em si, Trump e sua esposa Melania se reuniram com Barack e Michelle Obama para um tradicional “chá”. Foi destaque o momento em que Melania presenteou Michelle, em uma espécie de “quebra de protocolo”.

O rito foi semelhante ao estabelecido na cerimônia de posse dos presidentes anteriores. Antes e depois da posse, uma parte religiosa com a oração de três líderes de denominações religiosas diferentes.

No juramento, ele fez o uso de duas bíblias, ao invés de uma, como é feito tradicionalmente. Uma delas, foi a mesma utilizada por Abraham Lincoln em sua posse.

Em seu discurso de posse, após o juramento, Trump defendeu medidas anunciadas em sua campanha, como o protecionismo econômico. É uma posição diferente da adotada historicamente pelo Partido Republicano, que defende o livre mercado.

Veja também: Filha de Frank Sinatra desmente CNN em postagem do Twitter

Ele citou em suas falas os ex-presidentes dos Estados Unidos que estavam no local. Não mencionou, no entanto, Hillary Clinton, sua concorrente nas eleições. Erradicar completamente o terrorismo islâmico da face da Terra foi outra promessa de Trump em seu discurso.

Trump também atacou os políticos no geral, e disse que com sua posse, o poder voltaria a ser do povo: “Hoje não estamos assistindo apenas a transferência de poder de um presidente para outro. Estamos assistindo a transferência de poder de Washington para o povo americano”.

A jovem Jackie Evancho, de apenas 16 anos, foi um dos destaques da cerimônia. Ela foi a responsável por cantar o hino dos Estados Unidos, após a recusa de nomes conhecidos da música estadunidense.

Assista a Jackie cantando o hino dos EUA na posse de Donald Trump:

Douglas Nascimento

Twitter: dnascimentow

  • Que faça um bom governo Ele é radical, todos estarão de olho em suas ações.

  • Que pense no povo, em todos, sejam ricos, pobres, imigrantes, pessoas ilegais que uma vida e não são um simples ponto que pode ser banido com uma palavra e etc

  • Bolsonete

    já era

    • João Luiz

      Tombada vc, ex-Hillary.