O Articulador 10º Episódio | Censura

Opção em vídeo

Opção escrita

Depois de ler o jornal, Magnus já tinha planos pra tentar derrubar tudo o que o Jornal Olho Vivo havia exposto.

Era no sábado, por isso deveria esperar até segunda de manhã para poder ir ao Rádio falar com os cidadãos de Brasilianita.

Nesse meio tempo, durante todo o dia seguinte (domingo, no caso) as fofocas e comentários sobre os desvios e badernas envolvendo a prefeitura haviam se espalhado.

Como isso foi acontecer?! – diziam uns.

Não acredito que a prefeitura foi chegar nesse ponto – esbravejavam outros.

O fato era que toda a população daquele pequena cidade que um dia foi calma, estavam com nervos à flor da pele.

 Segunda de manhã, como havia planejado, Magnus foi a Rádio falar com o Locutor, pedindo um breve espaço para falar. Sempre prestativo e sabendo da boa fama do rapaz, lhe foi autorizado uns minutos para manifestar suas opiniões.

 

 [Locutor] Bom dia Brasilianita! E vamos começar a semana mais uma vez! Dizia o Locutor sempre alegrando as manhãs da cidade. [Locutor] Temos uma visita hoje por aqui! Bom dia, Magnus, seja bem vindo!

Era a única rádio da cidade, por isso a audiência era grande por grande parte da cidade que se surpreendeu ao ouvir que Magnus estava lá. Os cidadãos já esperavam uma resposta do que ele poderia vir falar, e já estavam esperando explicações acerca do que o Jornal Olho Vivo havia publicado.

 [Magnus] Bom dia, amigos! – disse ele em tom alegre. – Estou aqui porque não poderia deixar de prestar satisfações para minha querida cidade e para meus mais gentis amigos.

 [Locutor] Pois diga, meu nobre Magnus! Fique à vontade!

 [Magnus] Estão querendo me derrubar… Não, não… Nos derrubar! Acabar com a prefeitura! Isso não pode, isso não vai acontecer.

 [Locutor] O senhor está falando do que nossos nobres garotos escreveram, caro Magnus? – questiona, já sabendo das publicações.

 [Magnus] Sim, aqueles infel… Aqueles garotos! Aquilo foi uma calunia, inverdades, não podem escrever o que pensam, o que acham! Nunca fiz mal a ninguém e…

 [Locutor] Então está dizendo que eles mentiram em tudo o que eles escreveram, é isso?! – Interrompe Locutor, coagido.

 [Magnus] Sim! Não sei da onde tiraram isso! Isso não pode acontecer de novo. Vos digo que apoio o fechamento desse jornal!

 [Locutor] Mas isso é algo sério!

 [Magnus] Sério são as mentiras contadas por esses moleques!

Evidentemente constrangido e numa saia justa, Locutor interrompe mudando rapidamente de assunto.

 [Locutor] Nossos patrocinadores vão falar agora! Depois dos comerciais você fica com a sessão de músicas. Até logo!

[Trilha de comercial]

Aquilo foi o bastante para que a cidade virasse do avesso! Não havia outro assunto senão as duas versões, contadas pelos garotos e a outra pelo Magnus.

Ligados na rádio, os meninos prontamente ligaram ao Locutor pedindo que houvesse um pedido de respostas já no dia seguinte. Eles prometeram que isso não ficaria assim.

__________________________________________________________

Escrita por Danilo Marroni, Magnus e  Simplesmente Rosa

Trilha sonora: S. Rosa e Magnus

Imagens e edição de vídeos: S. Rosa

Colaboração: Equipe Recreio

Exibição original:05/04/2016

_________________________________________________________________________________

Gracias! 🌹