Poesia: forma de se expressar e transmitir sentimentos, emoções e pensamentos

“Todas as coisas têm o seu mistério, e a poesia é o mistério de todas as coisas”.

O que é poesia?

É uma forma de se expressar e transmitir sentimentos, emoções e pensamentos. Geralmente comove, encanta, sensibiliza e desperta sentimentos.

Existem determinados elementos formais que caracterizam um texto poético  como, por exemplo, o ritmo, os versos e as estrofes – e que definem a métrica de uma poesia. A métrica de um poema consiste na utilização de recursos literários específicos que distinguem o estilo de um poeta.

Antigamente, as poesias eram cantadas, acompanhadas pela lira, um instrumento musical muito comum na Grécia antiga. Por isto, diz-se que a poesia pertence ao gênero lírico. Ao longo dos séculos, a poesia tem sido usada como forma de expressar os mais variados sentimentos, como o amor, amizade, tristeza, saudade, etc.

_

_

_

Poesia não é somente aquela que se encontra nos livros. Convém lembrar que as letras musicais são poesia para ser cantada e, nesse sentido, a poesia se faz presente na vida de quase todas as pessoas.

Falar de poesia, porém, significa falar de poetas, os criadores de poesia. Além de Castro Alves e Gonçalves Dias, existem vários outros poetas da língua portuguesa que você precisa conhecer. Entre outros, podem ser citados: Gregório de Matos, Casimiro de Abreu, Tomás Antônio Gonzaga, Olavo Bilac, Cruz e Sousa, Luís de Camões, Fernando Pessoa, Oswald de Andrade, Carlos Drummond de Andrade, Cecília Meireles, Cora Coralina, Mario Quintana e Vinícius de Moraes.

_

_

Qual a diferença entre poema, poesia e verso?  

_

O que é verso?

O que é poesia?

O que é poema?

Qual a diferença entre poema e poesia?

Poema – é a obra (texto) em verso, poema é a organização, estrutura das palavras. Existe por si mesmo, independente de quem o lê.

Poesia  é a qualidade poética de um texto ou obra de arte ou situação. Pode haver poesia num por de sol, por exemplo. Está em quem a sente. Filosoficamente, ela não pode existir por si mesma, independentemente de alguém que a sinta.

Verso – é cada linha de um poema. Também é chamado verso a forma de escrita que não é prosa.

Estrofe – é cada uma das seções que constituem um poema. Isto é, cada agrupamento de versos, separadas por uma linha em branco.

_

Algumas poesias e poemas

 

Não deixe o amor passar – Carlos Drummond de Andrade

 As borboletas – Vinicius de Moraes

 Ausência – Vinicius de Moraes

 O Navio negreiro – Castro Alves

Motivo – De Cecília Meireles musicado por Fagner

_
_

“Ninguém é igual a ninguém.

Todo o ser humano é um estranho ímpar”.

Carlos Drummond de Andrade

Gracias!🌹

  • Sara Miranda

    Linda a postagem Rosa. Eu acho que eu tenho sérios “poemas” mentais. Amo tudo relacionado a esse universo…Afinal como diz a postagem: “É uma forma de se expressar e transmitir sentimentos, emoções e pensamentos. “

  • Alexandre

    Eu não me dou muito bem com poemas… Lembro que os livros da escola nos pediam para ler e analisar poemas constantemente, mas eu era mais fã das histórias curtas e análises de quadrinhos.

  • BOB

    Lindo , Rosa !
    Parabéns pela postagem !!

  • ¥ Igor…

    Pensei em você Rosa…. ” ótimo post”.

    “A língua lambe as pétalas vermelhas
    da rosa pluriaberta; a língua lavra
    certo oculto botão, e vai tecendo
    lépidas variações de leves ritmos.
    E lambe, lambilonga, lambilenta,
    a licorina gruta cabeluda,
    e, quanto mais lambente, mais ativa,
    atinge o céu do céu, entre gemidos,
    entre gritos, balidos e rugidos
    de leões na floresta, enfurecidos”
    Carlos Drummond de Andrade.

  • Gosto particularmente de sonetos.

    “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
    Muda-se o ser, muda-se a confiança;
    Todo o Mundo é composto de mudança,
    Tomando sempre novas qualidades.

    Continuamente vemos novidades,
    Diferentes em tudo da esperança;
    Do mal ficam as mágoas na lembrança,
    E do bem, se algum houve, as saudades.

    O tempo cobre o chão de verde manto,
    Que já coberto foi de neve fria,
    E em mim converte em choro o doce canto.

    E, afora este mudar-se cada dia,
    Outra mudança faz de mor espanto:
    Que não se muda já como soía.”

    Luís de Camões

  • BOB

    Está tendo Paraolimpíadas ??

  • TIAO GAVIAO

    SUCESSO ROSINHA,

  • Comunidado vai ser hj?

  • BOB

    Boa noite , Rosa ! Não tem mais o Bora Lá ?? Ou perdi algum post ?

  • Boa Rosa , ancioso srrs

  • BOB

    Grato , Rosa ! espero que ele capriche nas gatinhas !! rsrs

  • OK.. Até

  • ❤.
  • ❤.
  • Seu Madruga

    Madruga na área….

  • Muito bom, parabéns Rosinha!