‘E o Mar se abriu na Record há mais de 10 anos.’ Parte 12 – A Caminho da Liderança

Sem dúvidas o ano de 2004 foi o marco zero para Record( quando já pertencia a Edir Macedo ) numa ousada e ambiciosa corrida ao 1o lugar. E o tema dessa série retrata exatamente todo o esforço de Hélio Vargas( e o mérito é só dele ) que investiu pesado fazendo a “divisão de águas” no canal, embora segundo este colunista, o ‘Mar já estava aberto’ desde Ratinho que batia a Globo numa época em que a líder era praticamente intocável. Naquela época a emissora fazia programas de auditório como ninguém. Uma fase incontestável de sucesso que destacou o canal 7 de SP.

Paulo Henrique Amorim que ancorava o Edição de Noticias e que substituiu Claudia Cruz( mulher de Eduardo Cunha ), apresentou o Tudo A Ver( revista eletrônica ) ao lado de Janine Borba. Márcio Garcia que mandou bem na apresentação do ‘Sem Saida’  ganha destaque no canal. Sonia Abrão vem pra emissora assumir o lugar de Eliana com o ‘Sonia e Você’. É Tom Cavalcante e Roberto Justus na emissora, sim a Record está com um timaço de estrelas. O Tudo A Ver elimina de vez o Cidade Alerta da grade e se torna ótima opção pros fins de tarde.

O programa ganha uma apresentadora extrovertida – Patricia Maldonado( repórter do ‘Sem Saida’ ) e ainda as colunas e quadros da revista, destacam e projetam nomes como Ana Hickman, Edu Guedes, Chris Flores, Luciano Faccioli e Richard Rasmussen. Já em 2005 o JR com Bóris Casoy ganha novo cenário similar ao do JN e o esporte continua em alta já contando com um novo narrador – Maurício Torres nas transmissões do futebol. Na dramaturgia depois  do sucesso de Escrava Isaura uma reviravolta acontece.

O experiente diretor de núcleos da emissora, Herval Rossano bateu de frente com os bispos, pois não aceitava mais uma novela de época na sequência( ‘Essas Mulheres’ ). E não deu outra – Herval Rossano sai da Record e em seu lugar assume um ex-bancário de nome Hiran Silveira e, batido o martelo, a novela de Marcílio Moraes adaptada dos livros do cearense José de Alencar – Senhora, Diva e Lucíola – Essas Mulheres( direção do ex Globo Flávio Colatrello Jr ) substitui Escrava Isaura. A audiencia da novela não foi a mesma de sua antecessora e Tiago Santiago já se aquecia com a próxima novela.

Raul Gil já não dava  mais audiência fenomenal como antes e, ao não chegar a um acordo com a Record, recebe convite da Band e deixa a emissora. Márcio Garcia é escalado pras tardes de sábado da emissora e faz jus ao nome do programa – O Melhor do Brasil ( direção Leonor Côrrea ). Roberto Justus estreia a 2a temporada de ‘O Aprendiz’ que faz um grande sucesso e a final ao vivo, que contou com a vitória do competidor Fábio Porcel, revelou o nome de Britto Jr como titular de um programa inspirado no Tudo A Ver que já saira da grade.

No próximo episódio: ‘A fase do apogeu’. O Recreio nesta semana que vem, terá grandes estreias – você não perde por esperar!

Curiosidades – Marcelo Rezende era o escolhido pra ser o titular do Hoje Em Dia e recusou. Depois foi a vez de Rodolpho Gamberini que teve até chamada ao longo da programação, mas que não vingou.

Luciano do Valle e Paulo Henrique Amorim tinham um quadro dentro do Edição de Noticias após as transmissões do futebol – Papo de Arquibancada.

Herval Rossano foi para o SBT dirigir a novela Cristal e devido a seu delicado estado de saúde, foi subsituido por David Grimberg no núcleo de novelas. Um ano mais tarde o experiente diretor deixa este mundo.