Relações Duvidosas – Capítulo 14

Laços de Sangue

Os ex-participantes de Survive In The Forest já estão há alguns dias na mata, Angel vê destroços do helicóptero que caiu e lembra-se do rio que existe perto dali.

 

– Preciso tomar um banho, você vem comigo Rosa?

 

– Vou sim, mas ficarei perto da margem.

Luis avisa:

 

– Não vão para o fundo que é perigoso, ficaremos aqui esperando vocês se banharem, não demorem.

As duas moças chegam no rio. Rosa, como havia dito, fica na parte rasa e Angel, que sabe nadar, afasta-se um pouco da margem.

Matt vê Vander morto no chão e sua face muda, entristecendo.

– Você já o conhecia?

– Digamos que sim, na verdade todas as doze pessoas que participaram do reality são especiais para mim.

Danny sempre curiosa, pergunta:

– Por que somos especiais?

– Todos vocês, com exceção do Asgard, são meus filhos.

– Sério?

– Sim, vou contar-lhe a história toda. Esta casa abandonada foi meu pai que fez, ele era muito pobre e vivia como mendigo no centro de São Paulo, foi lá que conheceu a minha mãe que também era moradora de rua. Os dois resolveram morar na Serra da Cantareira por não se sentirem seguros no centro, para a polícia não encontrá-los entraram mata adentro e construíram essa pequena casa. Mateus (ou Asgard como se chama agora) foi o primeiro filho deles, pouco tempo depois eu vim ao mundo, mas minha mãe morreu no parto. Meu pai ficou arrasado e jamais conseguiu apaixonar-se novamente. Sem a minha mãe, meu pai voltou à cidade e passou a dar golpes e envolver-se com gente errada. Teve sorte com as negociações nebulosas de petróleo e fundou a Mattbras Petrolífera que cresceu muito e com a exploração expandindo para o Oriente Médio, já sob a minha direção, tornou-se bilionária. Meu irmão é muito rebelde, até hoje tem raiva de não ter assumido a presidência da Mattbras e ter ficado na cadeia por desvio de dinheiro da empresa. Sempre apreciei festas e não parava em uma cidade por causa dos eventos empresariais e contratos de patrocínio, assim engravidei mulheres de diferentes lugares, mas todas são brasileiras. Nunca casei, não gosto de me apegar e só curtia o momento. Era muito próximo de meu pai que faleceu de câncer, o maior desejo dele era ter muitos filhos para manter a linhagem da família, depois que minha mãe morreu, ele desanimou e acabou me confessando esse seu sonho de quando era jovem. Não me apaixonei por ninguém, não dei nenhuma atenção aos filhos, me arrependi e por meio da diretora Pandora e do canal em que trabalha, resolvi reunir todos vocês aqui para um desafio diferente e quem ganhasse seria o futuro presidente da empresa.

– Nossa que história, nem acredito de tão incomum, mas então você sabia da identidade do

Asgard também?

– Acredite, você é minha filha. E não sabia, tenho um filho que é de Brasília, não sei o que meu irmão fez com ele.

Danny dá um abraço em Matt, Superboy observa.

Angel começa a se afogar, Rosa está de costas para ela e não percebe. Quando Rosa vira em direção à Angel, não a vê mais.

Rosa apavorada sai do rio e vai ao encontro de Luis.

– Angel sumiu, acho que se afogou no rio, onde estão os outros?

– Danilo disse que estava com fome e saiu, em seguida Douglas falou que estava com dor de barriga e saiu também. Angel sumiu e você não viu?

– Não, virei as costas por um instante e ela não estava mais lá.

– Suspeito…

– Você está desconfiando de mim?

– Com tudo que tem acontecido, não tem como confiar em ninguém.

– Está certo, por isso agora é cada um por si, vou seguir só, boa sorte para você!

_

_

Clima de desconfiança paira no ar, o que aconteceu com Angel?

Quinta tem o décimo quinto e penúltimo capítulo de Relações Duvidosas intitulado “Redenção” com reviravoltas eletrizantes.