Segredos da Ilha 2º episódio – Chegada a Ilha do Caboclo

Ilha do Caboclo

O casal Talles e Atena acabava de fazer os últimos preparativos para a chegada dos hóspedes, a casa era imensa e tudo da melhor qualidade.

Foram contratados por uma semana através de uma agência de empregos, Talles como o mordomo e Atena como cozinheira e arrumadeira.

Talles – Mozinho já está tudo pronto.

Atena –  Pronto uma ova, ajuda tirar esta forma do forno. Aquele bando vai chegar morrendo de fome, logo vão deixar a chiquesa de lado e comerem iguais uns porcos.

Talles – Dead! Ta bom mozinho, não fique brava, vou ajudar agora mesmo.

Talles sai cantarolando pela cozinha “Sou feliz assim, com você perto de mim ♫♪♫♪”.

Tudo pronto, logo avistam o barco se aproximando da Ilha.

A travessia até a Ilha

No barco os passageiros estão cada vez mais fascinados à medida que se aproximam da Ilha, Vander falava a viagem inteira conseguindo tirar algumas frases do seleto grupo.

— Deve ser difícil encostar aqui com mau tempo. — observou Danilo Marroni.

 Vander em voz alegre:

— Não se pode desembarcar na Ilha do Caboclo quando o vento sopra de sudeste. Às vezes a ilha fica sem comunicação com a terra por uma semana ou mais.

“O abastecimento deve ser difícil”, pensou o juiz João Luis. “É o que uma ilha tem de pior”.

Ah! Que lugar encantador! — disse o Pastor Jack Cebolli. Mas no íntimo sentia-se inquieto. Raio de lugar esquisito!

Dr. Matt Brandon – Isto é um verdadeiro paraíso!

Santos – Nada mal! KK  Santos percebe que o celular não dá área.

As boas-vindas!

Talles dá as boas vindas.

Talles – Oi Migos, tudo!Uhum, desculpem! Começa falar mais sério.

Sou Talles Gontijo, o mordomo Sejam bem-vindos a Ilha do Caboclo!

Todos ficam encantados com a mansão da Ilha e vão se apresentando.

Angel- Esta casa é um luxo, nunca vi nada igual.

Delegado Lucas RS – Minha falecida esposa ia amar este lugar…

João Luiz – Sr. Olaf tem muito bom gosto!

João Bolsonaro (Douglas Gordon) se mantinha calado só observando os outros hospedes.

Assim que Vander termina de ajudar com as bagagens, Talles discretamente entrega um envelope.

 Já no barco o marinheiro abre o envelope e  logo parte lançando um olhar desconfiado para traz. “Aí tem coisa…”.

Talles e Atena mostram os respectivos quartos em que cada hóspede ficará instalado. E anuncia a hora do jantar.

Angel pede ajuda com a bagagem, Atena  torce o nariz. Sou a nova Baby-sitter, fui enviada pela agência. Como são as crianças e a Sr. Olaf?

Atena –  Não sei, chegamos a uma semana, fomos contratados através de agência. Quando chegamos só havia instruções do que fazer na casa e os preparativos para esta recepção.

Angel – Então você não conhece a família?

Atena – Não, mas com o salário que nos pagam, não preciso gostar deles. Agora dá licença vou terminar os preparativos para o jantar.

No outro andar Danilo Marroni e Santos indagavam Talles sobre a ausência de Olaf.

Talles – Ele chegaria hoje, mas teve um imprevisto e não vai poder jantar com vocês esta noite. Pede licença e se retira.

João Luiz aproveita para dormir antes do jantar, que tédio aguentar aquelas criaturas no mesmo barco e agora na casa, alguns mal educados como aquele Santos, a jovem Angel vomitou no mar várias vezes, um ou dois são agradáveis como o doutor Matt Brandon e o delegado Lucas RS. Mas ele precisava de férias não seria isso que atrapalharia.

No quarto  após tomar banho o Pastor Jack Cebolli, é atraído pelo quadro na parede, tem um poema sobre a Ilha do Caboclo.

Pr. Jack Cebolli começa declamar o poema em pensamento.

“Dez caboclinhos vão jantar enquanto não chove;

Um deles se engasgou e então ficaram nove.

Nove caboclinhos sem dormir: não é biscoito!

Um deles cai no sono, e então ficaram oito.

Oito caboclinhos vão à pedra sem capacete;

Um não quis mais voltar, e então ficaram sete.

Sete caboclinhos  vão rachar lenha, mas eis

Que um deles se corta, e então ficaram seis.

Seis caboclinhos de uma colmeia fazem brinco;

A um pica uma abelha, e então ficaram cinco.

Cinco caboclinhos no foro, a tomar os ares;

Um ali foi julgado, e então ficaram dois pares.

Quatro caboclinhos  no mar; a um tragou de vez.

O boto rosa, e então ficaram três.

Três caboclinhos passeando no Zôo.

E depois? O urso abraçou um, e então ficaram dois.

Dois caboclinhos brincando ao sol, sem medo algum;

Um deles se queimou, e então ficou só um.

Um caboclinho  aqui está a sós, apenas um;

Ele então se enforcou, e não ficou nenhum”.

Poema mais estranho… pega sua Bíblia faz uma leitura e depois começa a orar até perto da hora do jantar.

João Bolsonaro (Douglas Gordon) no seu quarto faz anotações em um Tablet.

João Luiz e o Doutor Matt são bem inteligentes, devo tomar cuidado com eles…

Angel e Danilo estão muito próximos, será que eles já se conheciam? Com certeza estão escondendo algo…

Santos, tenho que ficar de olho nele, tem cara de tonto mais parece perigoso…

O pastor é um babaca, porque está aqui? Só fica com a Bíblia o tempo todo…

Delegado Lucas RS parece deprimido, fala coisa com coisa,

parece que não bate bem.

O casal parece assustado, a mulher tem até um tique nervoso…

Espero que não suspeitem de mim, não posso cometer erros.

O Jantar

Finalmente a hora do jantar, Talles e Atena serve a todos e recebem vários elogios.

O jantar estava no fim. Alguns conversam alegremente contando suas histórias e experiências de vida,  os mais calados são João Bolsonaro, o delegado Lucas RS que parece sempre ausente olhava fixo para os dez caboclinhos de pedra no arranjo da mesa.

— Esquisitas estas coisas, não? — disse Santos de repente.

— São caboclinhos iguais as pedras na entrada da Ilha — disse Lucas RS. — A Ilha do Caboclo. Creio que a ideia é essa.

Angel  reparando também começa a contar as figuras.

— Vamos ver: quantos são? Dez?

— Sim… São dez. Exclama o Dr. Matt Brandon. Que engraçado! Devem ser os dez caboclinhos  do poema no quadro.

No meu quarto, este poema esta  numa moldura pendurada perto da cabeceira da cama fala o pastor Jack Cebolli.

— No meu quarto também — disse Danilo Marroni

Todos em coro declaram que em seus quartos havia o poema emoldurado.

Bem infantil declara  João Luiz.

Logo em seguida na sala, conversavam cada vez mais a vontade quando de repente a música é interrompida e um anuncio é feito deixando todos estarrecidos.

No próximo episódio:

* Qual é o anuncio?

* Onde está Olaf?

* O que vai acontecer na Ilha?