Se Liga | Especial: Teteu 18 anos

Boa noite pra vocês! Não, vocês não entraram no post errado! Este é o Se Liga No Teteu mesmo, desta vez um tanto mais diferente do que o costume! A começar pela data, que ao invés de ser nas segundas, será às quartas-feiras a partir de hoje!

Desta vez eu, Danilo M., colocarei o Teteu na prova de fogo e ele estará sendo entrevistado em vez de apresentar o ‘Se Liga’!

Isso porque nesta quinta-feira, dia 3, o Teteu faz mais um ano de vida e junto com a data especial, vem a maioridade – sim, ele completará 18 anos!

E é por isso que o Recreio comemorará a data de uma maneira mais que especial! Inverterá os papeis e colocará ele como o convidado especial da noite!

Então vamos lá, sejam todos muito bem-vindos!

 E… Pronto, Teteu? (risos) 

Acho que sim! Primeiramente quero dizer que fiquei surpreso quando recebi a notícia que seria o entrevistado do meu programa (Risos). Nunca passou pela minha cabeça que isso pudesse acontecer (Risos). Vamos lá, estou pronto pra responder as perguntas.

Como o mundo dá voltas, não?! (Risos) 

(Risos) Querendo se vingar, ne? Sei não!

(Risos) Imagina! E falando um pouco de você… No site pelo menos, você é superdivertido e carismático e costuma dar-se muito bem com todos. Na vida real é assim também?

 

Matheus: Com toda certeza, mano. Sou exatamente daquele jeitão ali, sempre procuro fazer do meu dia o mais agradável e feliz possível. Todos os dias dobro os meus joelhos para pedir a Deus que Ele me dê sabedoria para lidar com todo o tipo de pessoa. Graças a Deus nunca tive problema com ninguém, pois sempre procuro me afastar de brigas e polêmicas. Por ser humano, as vezes me irrito com certas coisas, mas nada que o tempo não resolva. (Risos)

Mas também poucas vezes te vi irritado no site. E também percebo que é um pessoa de bastante fé! Tem um temporamento fácil de lidar, inclusive. 

Além de ser essa grande pessoa, como surgiu essa paixão pela TV? E quando você entrou no site para comentar, quais foram suas primeiras impressões? O que te incomodou e o que mais te agradava? Como conheceu o site e entrou já conhecendo alguém?

Matheus: A minha primeira impressão foi: “Nossa, existe gente que gosta de TV igual a mim.” Eu posso dizer que fiquei impressionado em ver que tanta gente comentava TV. Quando vi o pessoal com a logo da Record no perfil, pensei: “São meus manos!”. Depois disso resolvi fazer a conta no disqus. O que mais me incomodou foi ser xingado, logo de cara, de obreiro babaca. Me incomodou também a forma como as pessoas tratavam a Record. O que mais me agradou foi a discussão (civilizada) em si entre os comentartistas. Conheci o TVF através do Google, quando procurava a audiência da Record. Não conhecia ninguém do site.

Procurou a audiência da Record também? Acredito que a maioria dos Recordistas tenham achado o TVF através dessa pesquisa! (risos) E já que o assunto é “Record”… 

Porque é Recordista e não Globista ou SBTista, por exemplo (risos)? O que te encantou na emissora e desde quando você torce por ela?

Matheus: Sou recordista pois a Record é a emissora que mais assisto e de todas que estão no ar, é a que mais me agrada. Desde muito tempo minha família assiste a Record e acho que isso contribuiu muito (Risos). Torço por ela desde de 2007, quando começaram a investir pesado em novidades. Passava horas assistindo o Pica-Pau, Todo Mundo Odeia o Chris, além de amar, na época, o Show do Tom. Desde muito pequeno, o mundo da Televisão chamava minha atenção.

Ou seja, desde pequeno já tinha bom gosto! (risos) Inclusive, a maioria de nós que amamos TV e comentamos muito sobre ela ficamos, às vezes, hora fazendo isso. 

Ficar muito tempo no PC/Internet te incomoda ou já aconteceu de te atrapalhar alguma vez na sua vida real?

Matheus: Nunca fui de passar horas no computador, mas ultimamente, por falta de laser, acabo refém da internet. Na minha vida real isso nunca me prejudicou, pois sempre fui uma pessoa equilibrada em relação ao tempo.

Isso não foi uma situação exclusiva sua. Pra quem sempre soube administrar o tempo, a internet muitas vezes é um problema… E dos grandes! Talvez seja um vício lícito (risos) e o TVF colabora! Mas, com certeza, você deve ter algum lazer… Música, por exemplo

 

Qual seu gosto musical? Ouve músicas sempre ou não é adepto a isso?

Matheus: Gosto muito de música brasileira. Na verdade, não consigo ouvir nada que não seja na minha língua (Risos). Gospel e MPB estão entre os meus gostos musicais.

Esse é patrióta mesmo! (risos) 

 

O papo tá ótimo, mas vamos partir pra um pouco mais de polêmicas. É claro que o Teteu não fugiria disso!    

(Risos) Vamos lá! Estou pronto!

Você é cristão. Alguns de seus princípios já foram confrontados, de alguma forma, tanto no site, enquanto estava interagindo com outros comentaristas ou mesmo na vida real?

Matheus: Sou evangélico desde que nasci. Fui criado e educando na palavra de Deus. Na minha vida real, que eu me lembre, nunca aconteceram questionamentos sobre a minha fé. Apenas aconteciam aqueles velhos pré-conceitos de que pastor é ladrão e explora os “pobres coitados”. É exatamente isso o que mais me incomoda. Muitos não sabem de nada e se baseiam nessa velha afirmação. No site, sempre aparecem aqueles que tem raiva da Igreja Universal e vem destilar todo o seu ódio na figura de Edir Macedo e da Rede Record. Apesar de se restringirem apenas a IURD, eles acabam generalizando todos os protestantes, o que acho lamentável.

Isso é, verdadeiramente, um visão errada que algumas pessoas têm dos protestantes. É uma pena. E quanto ao caso que você citou da IURD, Recordistas que o digam o quanto são atacados da ligação da igreja com a emissora. Uma lástima. 

 

Amanhã, você já vai pertencer a maioridade! E como estamos tratando de polêmicas, vamos aproveitar a deixa nessa data que você completa seus 18 anos!

 

Sobre a prisão de menores infratores, você acha isso correto ou não? Ainda nesse questionamento, o que você acredita, entre deveres e direitos, que menores de 18 anos brasileiros não têm, mas deveriam ter?

Matheus: Acho correto, pois quando você passa a infringir a lei, logicamente, deve pagar pelo seu erro. O problema do Brasil é o sucateamento do sistema prisional, além da falta de estrutura e planejamento, causando assim, mais problemas sociais. Esses jovens, se forem presos, não tem perspectiva alguma de se recuperar, porque não existe um Sistema de Recuperação de Jovens Infratores, que seja eficiente. É um verdadeiro problemão.

Então cuidado, hein! A partir de amanhã você pode se enquadrar nesse caso! E não tem mais o ECA [Estatuto da Criança e do Adolescente] pra te defender (risos). E falando em problemão, política brasileira é o tema pra próxima pergunta. 

 

Visto a gestão de nosso atual governo, você tem boas expectativas de se desenvolver no País onde moramos ou tem esperanças de melhoras num futuro distante?

Matheus: A situação atual está tão complicada, mas devemos ter Fé sempre. Desde que o Brasil nasceu, o histórico de corrupção é grande, como se estivesse na raiz do país. Apesar disso, devemos ser positivos e por isso acredito que logo logo tudo se resolverá.

Ou seja, partir pra esperança. A Fé tem que ser muito grande mesmo! 

 

Ainda pensando no futuro, você tá terminando o Ensino Médio agora e aí vem as difíceis decisões da graduação… 

 

E como é o Matheus estudante? Sempre tem facilidade em trabalhos e provas escolares ou nem tanto? (risos) E a ideia de se graduar em Jornalismo ou alguma área de Comunicação, assim como eu (risos), ainda tá de pé?

Matheus: O meu histórico escolar sempre foi bom, graças a Deus (Risos). Tenho facilidade nas matérias que gosto, a exemplo de Ciências Humanas e Linguagens. O meu maior peso no sapato é a tal da Matemática e Física, detesto demais essas matérias (Risos). Com relação a Comunicação, contínuo determinado em me dedicar a essa área, pois é o que mais se encaixa em meu perfil, além de gostar muito.

Teteu, você vai completar 18 anos amanhã, dia 3. Estava ansioso pela data ou nem tanto? Quais são as suas expectativas para sua maioridade (risos) e o que acha que vai melhorar ou agravar daqui pra frente? Tem planos futuros ou algum desejo que pretende realizar?

 

Matheus: Mano, pense numa fase complicada (Risos). Não estava ansioso, pois eliminei esse mal (ansiedade) da minha vida, mas às vezes eu paro pra pensar no futuro e sempre bate aquela insegurança, algo comum nessa idade. Confio muito em Deus e entrego minha vida nas mãos Dele. A minha expectativa é conseguir entrar na universidade, tirar a carteira de motorista, dentre outros. Espero que tudo dê certo (Risos).

Lembra que eu te falei que não era uma fase fácil?! (risos) E que fase! Mas passa logo! 

 

Aí vem a preocupação com a carta e tudo mais… Mas tudo vai dar certo, tenha Fé!  

 

Bom, sinta-se a vontade para fazer suas considerações finais! 

Quero agradecer a você, meu amigo, por ter feito uma espécie de homenagem (risos). Fico muito agradecido pelo sucesso do “Recreio” e por tantas outras coisas. Agradeço aos meus manos do Estado Recordista, são eles: Pablo Adriano, Mateus, Douglas #ODM, Rosa, Danilo, Super Boy e Douglas SAM. Agradeço também ao Magnus, Comunicação, Guilherme, Talles Gontijo, Danny, Atena, Santos, Jack, Cersei, João Luiz, Victor Globista, Lucas, Ramerson e tantos outros… Obrigado pelo sucesso do “Se Liga no Teteu”.

Imagina, Matheus! Não tem que agradecer em nada! Afinal, você já sabe que eu te considero como um irmão que mora aí no Nordeste! 

Pensou que acabou? Se enganou! Teve gente que te deixou recado:

Magnus: Parabéns à ele por mais um ano de vida e que continue sendo essa pessoa de bom caráter.

 

Rosa: Teteu, pelo pouco que te conheço, nota-se que é uma pessoa responsável, de princípios e muito talentosa. Se antes já o admirava, agora muito mais por conhecê-lo melhor através do Recreio. Desejo-te muito sucesso profissional e pessoal, que Deus te proteja e que esta data se repita por muitos anos. Feliz Aniversário!

Danilo: Bom, Teteu. Pelo pouco tempo que nos conhecemos, a consideração é enorme! Por isso, que nesses 18 anos venham muitas benções e ainda mais juízo, porque eu sei que isso você tem e vai precisar muito mais agora! Que você enfrente essa difícil, mas importante, fase da vida; não é fácil – volto a repetir – mas gratificante. Parabéns, irmão!